Gordiano I

Text document with red question mark.svg
Este artigo ou secção contém fontes no fim do texto, mas que não são citadas no corpo do artigo, o que compromete a confiabilidade das informações. (desde outubro de 2015)
Por favor, este artigo inserindo fontes no corpo do texto quando necessário.
Gordiano I
Imperador romano
Gordianus elder pushkin.jpg
Busto de Gordiano I - molde no Museu Pushkin, baseado em original no Museu Britânico
Reinado22 de março - 12 de abril de 238,
com (com Gordiano II, e em disputa com Maximino Trácio)
Antecessor(a)Maximino Trácio
Sucessor(a)Pupieno e Balbino
DinastiaGordianos
Nome completo
Marcus Antonius Gordianus Sempronianus Romanus Africanus (antes da ascensão ao trono);
Caesar Marcus Antonius Gordianus Sempronianus Romanus Africanus Augustus (como imperador)
Nascimentoca. 159
 Possivelmente Frígia
Morte12 de abril de 238 (79 anos)
 Aforcou-se em Cartago após ouvir que o seu filho Gordiano II falecera
Filho(s)Gordiano II, Antônia Gordiana
PaiMécio Marulo
MãeÚlpia Gordiana

Gordiano I e Gordiano II, pai e filho, foram imperadores romanos que permaneceram no poder por um tempo ínfimo. Sendo o primeiro descendente de Trajano, foi nomeado imperador pelos africanos durante uma sublevação contra Maximino Trácio. Foi derrotado em Cartago pelo procurador da Numídia, e governou apenas três semanas. Da mesma maneira, o filho morreu na defesa de Cartago.

Modo de vida

Pouco é sabido sobre que a vida levada por Gordiano ou sua família, embora a partir deste nome "Gordianus" supõe-se que suas origens de família estivessem em Frígia em Anatólia. Veio de uma modesta, embora rica, família equestre mas escalado a hierarquia até que incorporou-se ao senado romano. Gordiano teve ao menos dois filhos: Marco Antônio Gordiano (conhecido como Gordiano II) e Antônia Gordiana, mãe de Gordiano III.

A carreira política de Gordiano começou relativamente tarde em sua vida e seus anos adiantados foram gastos provavelmente em estudos literários e retóricos. Como militar, Gordiano comandou a IV Legião Escita quando ocupou a Província romana da Síria.

Serviu como governador da Britânia em 216 e foi um cônsul competente no reinado de Heliogábalo. As inscrições na Britânia que carregam seu nome foram apagadas parcialmente, o que sugere que ele desagradou de alguma forma o império.

Quando ganhou a popularidade pelos magníficos jogos e espetáculos que produziu em favor da plebe, como edil, foi prudente e sua vida reservada não despertou a suspeita de Caracala (em sua honra que escreveu um longo poema épico chamado Antoninias). Gordiano reteve certamente suas riqueza e ambições políticas durante os tempos caóticos da dinastia de Máximo Severo, que sugerem seu desagrado pessoal para intrigas.

En otros idiomas
беларуская: Гардыян I
български: Гордиан I
català: Gordià I
čeština: Gordianus I.
Cymraeg: Gordian I
Deutsch: Gordian I.
Zazaki: Gordianus I
Ελληνικά: Γορδιανός Α΄
English: Gordian I
Esperanto: Gordiano la 1-a
español: Gordiano I
euskara: Gordiano I.a
français: Gordien Ier
galego: Gordiano I
客家語/Hak-kâ-ngî: Gordian 1-sṳ
hrvatski: Gordijan I.
Bahasa Indonesia: Gordian I
italiano: Gordiano I
ქართული: გორდიანე I
Latina: Gordianus I
македонски: Гордијан I
Bahasa Melayu: Gordian I
Nederlands: Gordianus I
norsk: Gordian I
occitan: Gordian I
polski: Gordian I
română: Gordian I
русский: Гордиан I
Scots: Gordian I
srpskohrvatski / српскохрватски: Gordijan I
Simple English: Gordian I
slovenčina: Gordián I.
slovenščina: Gordijan I.
српски / srpski: Гордијан I
svenska: Gordianus I
Kiswahili: Gordian I
Tagalog: Gordian I
Türkçe: I. Gordianus
українська: Гордіан I
Tiếng Việt: Gordianus I
Yorùbá: Gordian 1k
Bân-lâm-gú: Gordianus 1-sè