Gezahegne Abera

Gezahegne Abera
campeão olímpico
Atletismo
Modalidademaratona
Nascimento23 de abril de 1978 (40 anos)
Etya, Etiópia
NacionalidadeEtiópia etíope
Medalhas
Jogos Olímpicos
OuroSydney 2000Maratona
Campeonatos Mundiais
OuroEdmonton 2001Maratona

Gezahegne Abera (Etya, 23 de abril de 1978) é um fundista etíope, campeão olímpico da maratona em Sydney 2000.

A primeira vez em que Abera ouviu falar numa maratona foi quando tinha 12 anos de idade e seu professor ensinou aos alunos da classe sobre a história de Abebe Bikila, o etíope que venceu a maratona nos Jogos Olímpicos de 1960, em Roma, correndo descalço. Ele nunca imaginou ser capaz de correr tal distância e ainda mais descalço.[1]

Aos 21 anos viria a competir primeira vez na distância dos 42,195 km na Maratona de Los Angeles de 1999, terminando a prova em quarto lugar atrás de três quenianos. No mesmo ano representou a Etiópia no Campeonato Mundial de Atletismo e ficou na 11ª colocação.[2] Ainda na temporada de 1999, Abera venceu sua primeira prova internacional, a Maratona de Fukuoka, no Japão, onde também triunfaria em 2001 e 2002.[3] Em 2000 disputou e terminou em segundo lugar a Maratona de Boston, chegando no mesmo segundo do vencedor, o queniano Elijah Lagat, na mais apertada chegada da história de Boston.[4]

Abera chegou a Sydney 2000 sem muita pressão sobre si, um corredor de apenas 22 anos e pouco conhecido, com apenas um par de maratonas disputadas anteriormente. Nos Jogos, porém, a prova foi dominada a partir da segunda metade por dois etíopes, ele e Tesfaye Tola, e pelo queniano Erick Wainaina, mesmo depois dele sofrer uma queda onde cortou o joelho.[1] Abera passou a liderar sozinho a partir do km 39 e dali até cruzar a linha de chegada, tornando-se o terceiro etíope a conquistar a medalha de ouro na maratona olímpica, depois de Bikila e Mamo Wolde. Tornou-se também, com sua idade, o mais jovem campeão olímpico da maratona desde o argentino Juan Carlos Zabala em Los Angeles 1932.[1]

No ano seguinte, ele conquistou a medalha de ouro no Mundial de Edmonton 2001, tornando-se o primeiro fundista a conquistar a maratona dos Jogos Olímpicos e do Campeonato Mundial de Atletismo no mesmo ciclo (2000–2001). Participou ainda do Mundial de Paris 2003, mas abandonou a prova. Lesionado, voltou aos Jogos em Atenas 2004, não mais como corredor mas como integrante da equipe técnica, dando suporte e apoio à sua esposa, Elfenesh Alemu, 4ª colocada na maratona feminina.[1]

Apesar de sua carreira como maratonista ter sido curta, ela foi muito lucrativa. Hoje ele e a esposa dirigem um hotel e fazem negócios com suas propriedades.

  • ver também

Ver também

Referências

  1. a b c d Rice, Xan. «Gezahegne Abera, Ethiopia». Financial Times. Consultado em 11 de abril de 2013. 
  2. «Live Results - MARATHON - Men - Final». IAAF. Consultado em 11 de abril de 2013. 
  3. «Marathon List for 2002». Association of Road Racing Statisticians. Consultado em 11 de abril de 2013. 
  4. «Boston Marathon History: 1996-2000». B.A.A. Consultado em 11 de abril de 2013. 
En otros idiomas
aragonés: Gezahegne Abera
čeština: Gezahegne Abera
español: Gezahegne Abera
français: Gezahegne Abera
italiano: Gezahegne Abera
Nederlands: Gezahegne Abera
slovenščina: Gezahegne Abera