Gennaro Gattuso

Gennaro Gattuso
Gennaro Gattuso.jpg
Informações pessoais
Nome completoGennaro Ivan Gattuso
Data de nasc.9 de janeiro de 1978 (40 anos)
Local de nasc.Corigliano Calabro, Itália
Altura1,77 m
Destro
ApelidoRino
Informações profissionais
Equipa atualMilan
PosiçãoTreinador (Ex-Volante)
Clubes de juventude
1990–1995Perugia
Clubes profissionais
AnosClubesJogos (golos)
1995–1997
1997–1998
1998–1999
1999–2012
2012–2013
Perugia
Rangers
Salernitana
Milan
Sion
0010 0000(0)
0051 0000(5)
0025 0000(0)
0468 000(11)
0032 0000(1)
Seleção nacional
1995–1996
1998–2000
2000–2010
Itália Sub–18
Itália Sub–21
Itália
0014 0000(3)
0021 0000(1)
0073 0000(1)
Times/Equipas que treinou
2013
2013
2014–2015
2015–2017
2017
2017–
Sion
Palermo
OFI Creta
Pisa
Milan Primavera
Milan
0012
0008
0017
0084

0025
Última atualização: 18 de março de 2018

Gennaro Ivan Gattuso (Corigliano Calabro, 9 de Janeiro de 1978) é um ex-futebolista italiano que atuava como volante e atualmente é treinador do Milan.[1][2]

Gattuso começou sua carreira profissional no Perugia. Foi transferido em abril de 1997 para o Glasgow Rangers, time da Escócia, e retornou à Itália em outubro de 1998 para jogar pelo Salernitana. No verão de 1999 transferiu-se para o Milan onde manteve dono da camisa 8 por vários anos, antes de se transferir para a Suíça. Após o Sion demitir o 4º técnico, Gattuso virou jogador-treinador.[3]

Gattuso também atuou na Seleção Italiana, a qual foi tetracampeã do mundo em 2006.

Gattuso foi um jogador caracterizado pela sua "raça", a qual ele demonstra dentro de campo tendo atos como um célebre festejo que ele fez na cara de Poulsen após ganhar um jogo pelo Milan. "Rino" como também é conhecido por seus companheiros rossoneri joga como um verdadeiro "cão de guarda" em sua posição, dando liberdade para a atuação dos meias.

Em maio de 2012 anunciou sua saída do Milan, juntamente com os companheiros Alessandro Nesta e Filippo Inzaghi, todos com mais de 10 anos de clube. Fez sua despedida em 13 de maio, no estádio San-Siro, na vitória rossonera de 2-1 sobre o Novara. Consumada a saída do Milan e defraudado o desejo de voltar ao Rangers, Gennaro Gattuso vai assinar por duas temporadas com o Sion.

Treinador

Em sua passagem pelo Sion, assumiu, ainda como jogador, o comando técnico da equipe com a saída de Víctor Muñoz.[3][4] Ao fim da temporada de 2013, assume o comando do Palermo.[5] Após maus resultados e apenas 3 meses de trabalho, foi demitido.[6]

En otros idiomas
العربية: جنارو غاتوزو
تۆرکجه: جنارو گتوسو
беларуская: Джэнара Гатуза
български: Дженаро Гатузо
čeština: Gennaro Gattuso
Esperanto: Gennaro Gattuso
español: Gennaro Gattuso
français: Gennaro Gattuso
hrvatski: Gennaro Gattuso
Bahasa Indonesia: Gennaro Gattuso
italiano: Gennaro Gattuso
lietuvių: Gennaro Gattuso
Malagasy: Gennaro Gattuso
македонски: Џенаро Гатузо
Bahasa Melayu: Gennaro Gattuso
Napulitano: Gennaro Gattuso
Nederlands: Gennaro Gattuso
norsk nynorsk: Gennaro Gattuso
română: Gennaro Gattuso
sicilianu: Gennaru Gattusu
Simple English: Gennaro Gattuso
српски / srpski: Ђенаро Гатузо
Türkçe: Gennaro Gattuso
українська: Дженнаро Гаттузо
Tiếng Việt: Gennaro Gattuso