Galáxia Olho Negro

Galáxia do Olho Negro
Galáxia do Olho Negro, Telescópio Espacial Hubble
Descoberto porEdward Pigott
Data de descoberta23 de marçode 1779
Dados observacionais (J2000)
ConstelaçãoComa Berenices[1]
Tipo(R)SA(rs)ab espiral
Asc. reta12h 56m 43,7s[2]
Declinação+21° 40′ 58″[2]
Distância24 ± 2 Mal (7.4 ± 0.61 Mpc)
Redshift408 ± 4 km/s[2]
Magnit. apar.9,36[2]
Dimensões10,71 × 5,128 mnutos de arco[3]
Outras denominações
Messier 64, NGC 4826, UGC 8062, PGC 44182[2]
Mapa
Galáxia Olho Negro
Coma Berenices constellation map.png

A galáxia do Olho Negro (Messier 64, NGC 4826) é uma galáxia espiral localizada a aproximadamente dezessete milhões de anos-luz (cerca de 5,2 megaparsecs) de distância na direção da constelação da Cabeleira de Berenice. Possui aproximadamente oitenta e seis mil anos-luz de diâmetro, uma magnitude aparente de +9,4, uma declinação de +21° 40' 58" e uma ascensão reta de 12 horas, 56 minutos e 44,2 segundos.

A galáxia NGC 4826 é também conhecida como Galáxia do Olho Negro devido a sua extraordinária aparência escura com numerosos pontos brilhantes. A característica mais estranha e peculiar observada nesta galáxia diz respeito aos seus movimentos internos, enquanto os braços externos movem-se em uma direção, a parte interna move-se para outra direção, este fato é de difícil explicação, mas os cientistas acreditam na hipótese de que a galáxia NGC 4826 seja o resultado da colisão entre duas galáxias, uma grande e uma pequena.

Descoberta e visualização

A galáxia espiral foi descoberta por Edward Pigott em 23 de março de 1779, apenas 12 dias antes de Johann Elert Bode resdescobrir independentemente o objeto, em 4 de abril daquele ano. Pouco menos de um ano depois, o astrônomo francês Charles Messier também redescobriu a galáxia, em 1 de março de 1780, catalogando-a como seu objeto 64. A descoberta original de Pigott passou despercebida até em 2002, quando Bryn Jones encontrou percebeu o fato no artigo de Pigott, pois a publicação de seu artigo ocorreu apenas em 11 de janeiro de 1781 na Royal Society, enquanto Bode e Messier publicaram no mesmo ano de suas respectivas descobertas.[4]

A mancha escura, que dá nome à galáxia Olho Negro, já tinha sido observada por William Herschel, descobridor de Urano, em 1785 e 1789. Herschel, à época, já comparava o objeto a um "olho negro".[4]

Pode ser vista com bons binóculos e suas características podem ser visualizadas com telescópios amadores pequenos e médios. A nuvem de poeira, o "olho negro", que obscurece boa parte da galáxia, pode ser vista com telescópios de abertura de 4 polegadas ou mais.[4]

En otros idiomas
azərbaycanca: NGC 4826
беларуская: M64 (аб’ект Месье)
беларуская (тарашкевіца)‎: M64
български: M64
brezhoneg: NGC 4826
corsu: M64
Deutsch: Messier 64
Ελληνικά: Μεσιέ 64
Esperanto: M64
eesti: M64
français: M64
hrvatski: Messier 64
magyar: Messier 64
հայերեն: Սև Աչք
Bahasa Indonesia: Galaksi Mata Hitam
日本語: 黒眼銀河
Lëtzebuergesch: Messier 64
Bahasa Melayu: Galaksi Mata Hitam
مازِرونی: مسیه ۶۴
Nederlands: Zwarte Oogstelsel
norsk nynorsk: Blått auga-galaksen
română: Messier 64
srpskohrvatski / српскохрватски: Messier 64
Simple English: Black Eye galaxy
slovenčina: Čiernooká galaxia
српски / srpski: Месје 64
svenska: Messier 64
Tiếng Việt: Thiên hà Mắt Đen
中文: 黑眼星系
Bân-lâm-gú: Messier 64