G20
English: G20

Disambig grey.svg Nota: Para o grupo de países emergentes, veja G20 (países em desenvolvimento).
Grupo dos 20
G20
G20.svg

Fundação1999
2008 (Cúpula)
Membros
PresidênciaJapão Shinzo Abe
Sítio oficialwww.g20.org

G20 (abreviatura para Grupo dos 20) é um grupo formado pelos ministros de finanças e chefes dos bancos centrais das 19 maiores economias do mundo mais a União Europeia. Foi criado em 1999, após as sucessivas crises financeiras da década de 1990.[1] Visa favorecer a negociação internacional, integrando o princípio de um diálogo ampliado, levando em conta o peso econômico crescente de alguns países, que, juntos, representam 90% do PIB mundial, 80% do comércio mundial (incluindo o comércio intra-UE) e dois terços da população mundial. O peso econômico e a representatividade do G-20 conferem-lhe significativa influência sobre a gestão do sistema financeiro e da economia global. [2] [3]

O G-20 estuda, analisa e promove a discussão entre os países mais ricos e os emergentes sobre questões políticas relacionadas com a promoção da estabilidade financeira internacional e encaminha as questões que estão além das responsabilidades individuais de qualquer organização.

Com o crescimento da importância do G-20 a partir da reunião de 2008, em Washington, e diante da crise econômica mundial, os líderes participantes anunciaram, em 25 de setembro de 2009, que o G-20 seria o novo conselho internacional permanente de cooperação econômica, eclipsando o G8, constituído até então pelas sete economias mais industrializadas no mundo e a Rússia.[4]

Criação

O G-20 foi criado em substituição ao G33 - que, por sua vez, havia substituído o G-22 -, durante a reunião de cúpula do G7, em Colônia, em junho de 1999. Em 26 de setembro do mesmo ano, foi estabelecido formalmente, na reunião de ministros de finanças. Sua reunião inaugural ocorreu em 15 e 16 de dezembro, em Berlim.

O novo Grupo dos 20 foi proposto como um novo fórum para cooperação e consulta nas matérias pertinentes ao sistema financeiro internacional. Estuda, revisa e promove a discussão entre os principais países desenvolvidos e os emergentes. É integrado pelos ministros de finanças e presidentes dos bancos centrais do G7 e de outros 13 países chaves, além do Banco Central Europeu.

Na reunião de 14-15 de novembro de 2008, pela primeira vez, reuniram-se não os ministros de finanças dos países membros do G-20, mas os respectivos chefes de Estado ou de governo, o que representou uma mudança significativa no papel do G-20, que passou a assumir a centralidade como fórum de discussão sobre governança internacional antes ocupada pelo G7. [5][6][7]

En otros idiomas
Afrikaans: Groep van 20
asturianu: G20
azərbaycanca: G20
беларуская: Група дваццаці
беларуская (тарашкевіца)‎: Група дваццаці
български: Г-20
भोजपुरी: जी20
বাংলা: জি২০
буряад: Ехэ Хорин
català: G20
کوردی: گرووپی ٢٠
čeština: G20
dansk: G20
Ελληνικά: G20
English: G20
eesti: G-20
euskara: G20
فارسی: گروه ۲۰
suomi: G20
føroyskt: G20
français: Groupe des vingt
Gaeilge: G-20
Gagauz: G - 20
galego: G20
עברית: G-20
हिन्दी: जी-20
hrvatski: G-20
magyar: G20
հայերեն: Մեծ քսանյակ
Bahasa Indonesia: G20
íslenska: G-20
日本語: G20
Jawa: G-20
ქართული: დიდი ოცეული
한국어: G20
lietuvių: G20
latviešu: G-20
മലയാളം: ജി - 20
монгол: Их Хорь
मराठी: जी-२०
Bahasa Melayu: G-20 ekonomi besar
مازِرونی: جی بیست
Nederlands: Groep van Twintig
norsk nynorsk: G20
norsk: G20
occitan: Grop dels 20
ਪੰਜਾਬੀ: ਜੀ-20
polski: G20
Piemontèis: G20
română: G20
sardu: G20
sicilianu: G20
Scots: G20
srpskohrvatski / српскохрватски: G20 industrijski razvijenih zemalja
slovenčina: G20
slovenščina: G20
Soomaaliga: Kooxda Labaatanka
svenska: G20
தமிழ்: ஜி-20
తెలుగు: జీ20
Türkçe: G20
українська: Велика двадцятка
oʻzbekcha/ўзбекча: Katta yigirmatalik
Bân-lâm-gú: G20
粵語: 20國集團