Fuso horário
English: Time zone

Meridiano zero, marcado no Observatório de Greenwich, a leste de Londres, atrás da porta envidraçada percebe-se a base do eixo (garfo) do telescópio de monitoramento da passagem meridiana.

Os fusos horários são cada uma das vinte e quatro áreas fusiformes em que convencionalmente se divide a Terra para efeitos de definição (ou atribuição) horária de acordo com o movimento aparente do Sol.[1] O termo fuso denomina a porção de superfície esférica compreendida entre dois semiplanos que partam de quaisquer dois diâmetros (meridianos) da esfera[2], assemelhando-se à superfície externa de um gomo de laranja. Anteriormente, por volta do ano 1300, ou já antes, usava-se o tempo solar aparente, passagem meridiana do Sol (passagem do Sol pelo meridiano do lugar, que ocorre ao meio-dia solar de cada lugar), de forma que a hora do meio-dia se diferenciava de uma cidade para outra. Os fusos horários (e posteriormente as zonas horárias - zonas geográfico-políticas onde se aplica oficialmente a mesma hora) corrigiram em parte o problema ao colocarem os relógios de cada região no mesmo tempo solar médio.

Definição

Os fusos horários estão centrados nos meridianos das longitudes que são múltiplos de 15°; as zonas horárias seguem os fusos horários de forma aproximada. Os fusos horários estão definidos geograficamente, enquanto que as zonas horárias são definidas politicamente. Estas são bastante irregulares devido às fronteiras nacionais dos vários países (ou fronteiras administrativas internas nos países que contém mais do que uma zona horária) ou devido a questões políticas (caso da China, que poderia abranger algo como 4 zonas horárias, mas obriga todo o país a utilizar o horário de Pequim com evidentes distorções no oeste chinês, onde quando não é inverno o sol nasce por volta das nove horas da manhã).

Todos os fusos horários e zonas horárias são definidos em relação ao Tempo Universal Coordenado (UTC). O fuso horário que contém Londres estabelece a referência (UTC ou UTC+0) por ser nele que se localiza o meridiano de Greenwich, ou meridiano 0º, que é o meridiano central do fuso horário. Na primavera e no verão a zona horária de Londres tem vindo a passar para o chamado horário de verão, passando a seguir o horário do fuso UTC+1. Das zonas horárias centradas no mesmo fuso que Londres, algumas adotam o chamado horário de verão (Dublin e Lisboa, por exemplo) enquanto outras não o fazem (Reiquiavique, Dakar e Bissau, por exemplo). Como as zonas horárias são definidas politicamente por cada país, em muitas delas o horário legal está desfasado do horário do seu fuso horário de referência.

História

Placa comemorativa da Railway General Time Convention de 1883.

A hora era uma característica extremamente local. Antigos viajantes tinham que acertar o relógio toda vez que chegavam a uma cidade nova. O acerto de horas era feito através do sol: o meio dia representava o ponto mais alto que a estrela alcançava. Grande parte das empresas, devido a estas irregularidades resolveram fixar cem fusos dos caminhos de ferro. Esta prática ocorreu até 1883.[3][4]

Na Grã-Bretanha, foi criada uma única hora legal para todo o país (Inglaterra, Escócia e País de Gales), sendo o autor original desta ideia o Dr. William Hyde Wollaston. Com isto, a prática foi se popularizando.[3]

A Great Western Railway, foi a primeira companhia de trem a utilizar a hora Greenwich Mean Time (GMT) ou Tempo Médio de Greenwich. Em 1847, praticamente todas utilizavam este sistema.[3]

O senador do Canadá, Sanford Fleming, em 1878, sugeriu um sistema internacional de fusos horários. Seu pensamento era dividir a Terra em 24 faixas verticais, onde cada uma delas era um fuso de uma hora.[5] O planeta possui 360° de circunferência, assim sendo, cada faixa teria 15° de largura longitudinal. Em 1879, o estudo foi publicado no jornal do Instituto do Canadá de Toronto. Com a aprovação norte-americana, em 18 de novembro de 1883, as linhas de trem passaram a utilizar os fusos.[3]

Em 1884, foi realizada a Conferência Internacional do Primeiro Meridiano, em Washington, D. C., Estados Unidos. A proposta era padronizar a utilização mundial da hora legal.[6] Acabou sendo aceita a teoria de Fleming. A longitude 0° passaria pelo Observatório Real de Greenwich. Os outros fusos seriam contados positivamente para leste, e negativamente para oeste, até ao Meridiano de 180º - o Antimeridiano, situado no Oceano Pacífico, onde seria a Linha Internacional de Mudança de Data.[3]

Cálculo aproximado e Lei de Aldrin

O cálculo é aproximado por questões de existir o horário de verão e convenções políticas de cada país.

O planeta Terra possui forma geoide[7] com circunferência de 360°, com uma rotação completa a cada 24 horas. Ou seja, para cada hora a Terra se desloca 15° (sentido anti-horário). Os fusos são determinados pelo meridiano 0 na cidade de Greenwich, próxima a Londres. Desta forma, de quinze em quinze graus a leste, os fusos são numerados positivamente (+1, +2, +3...+12) e a oeste negativamente (-1, -2, -3...-12).[8][9]

Para saber o horário de alguma cidade é necessário conhecer o meridiano que está e a posição em relação a Greenwich (leste ou oeste).[10]O cálculo é feito através da verificação dos fusos no mapa, subtraindo o menor do maior. E atentando para o jogo de sinais. Depois, deve ser somada esta diferença à hora legal se estiver a leste e subtraída caso esteja em oeste.[8]

O método conhecido como "Lei de Aldrin" determina a diferença de fusos horários entre 2 locais. Ele é formado por 2 passos:

1°: Descobrir a diferença em graus entre as regiões (DG). "Longitude A" ± "Longitude B" = DG. Regiões em hemisférios iguais subtraem-se os graus; regiões em hemisférios diferentes somam-se os graus.
2°: Descobrir a diferença em horas dos fusos (DH). Esta é mensurada pela razão da diferença em graus por 15 (DG/15 = DH). Achando assim a diferença entre os fusos horários.
Principais siglas
SiglaSignificadoTraduçãoDescrição
Greenwich Mean TimeTempo Médio de GreenwichRefere-se a Greenwich, onde ficou definido por convenção, a base para cálculo internacional de horário.
ST
Standard TimeTempo PadrãoHora oficial em cada fuso horário.
DST
Daylight Saving Time ou Summer TimeHorário de verãoAlteração do horário de uma região, designado apenas durante uma porção do ano, adiantando-se em geral uma hora no fuso horário oficial local.
UT
Universal TimeTempo UniversalUsado em astronomia, tem por base a rotação da Terra.
Universal Time, CoordinatedTempo Universal Coordenado, tempo civilOs fusos horários são relativos a ele.
International Atomic TimeTempo Atômico InternacionalSua base são os relógios atômicos.
Ante Meridiem/Post Meridiem (do latim)Antes do meio dia/Após o meio diaUsados em povos que consideram um ciclo de 12 horas.
HL
-
Hora LegalHora oficial do país.

Extensões dos fusos

Os limites entre zonas horárias, como é bem conhecido, não seguem necessariamente os meridianos múltiplos de +/- 15°. Seguem fronteiras políticas entre nações, províncias, estados dentro dos países, convenções e definições dos países.

Pode-se considerar que na linha do Equador cada fuso (15°) apresenta uma largura média da ordem de 1667 km.

Os fusos vão tendo reduzida sua largura média, a medida que se aproximam dos Polos. Assim, nos trópicos de Câncer e Capricórnio essa largura média dos 15° de cada fuso seria da ordem de 1529 km.

A extensão leste-oeste dos fusos é, na altura dos Paralelos 30° Norte e 30° Sul, de cerca de 1443 km. Nas Latitudes 50° Norte e 50° Sul os fusos apresentam largura média de 1071 km.

Na proximidade dos polos, Latitudes 80° Norte e 80° Sul, a largura de cada fuso é de apenas 289,4 km.

Meridianos

Para interlocutores, foi convencionada uma letra e um nome para cada meridiano. O sistema pode funcionar mesmo em condições adversas de transmissão de rádio. A letra J (Juliet), representa a hora do observador e a Linha Internacional de data fica entre o M e o Y.

Zonas horárias do mundo.
Horário de verão no mundo
  Regiões que adotam o Horário de Verão
  Regiões que já adotaram Horário de Verão, mas não usam atualmente
  Regiões que nunca adotaram Horário de Verão
LetraPalavraDiferença
YYankeeUTC − 12 horas
XX-RayUTC − 11 horas
WWhiskyUTC − 10 horas
VVictorUTC − 9 horas
UUniformUTC − 8 horas
TTangoUTC − 7 horas
SSierraUTC − 6 horas
RRomeoUTC − 5 horas
QQuebecUTC − 4 horas
PPapaUTC − 3 horas
OOscarUTC − 2 horas
NNovemberUTC − 1 hora
ZZuluigual ao UTC
AAlphaUTC + 1 hora
BBravoUTC + 2 horas
CCharlieUTC + 3 horas
DDeltaUTC + 4 horas
EEchoUTC + 5 horas
FFoxtrotUTC + 6 horas
GGolfUTC + 7 horas
HHotelUTC + 8 horas
IIndiaUTC + 9 horas
KKiloUTC + 10 horas
LLimaUTC + 11 horas
MMikeUTC + 12 horas

Zonas horárias no mundo

Ver artigo principal: Lista de fusos horários no mundo

Zonas horárias brasileiras

Ver artigo principal: Fusos horários no Brasil

O Brasil possui quatro zonas horárias:[11][12]

Zonas horárias portuguesas

Em Portugal continental e na Madeira vigora a zona horária UTC+0. Nos Açores a zona UTC-1.

Em 1992 Portugal adotou o horário da Europa Central (fuso UTC+1), sob a máxima de facilitar as comunicações e transportes internacionais.

Contudo, as queixas iam-se acumulando. As pessoas saíam de casa às 9 horas da manhã, no inverno, e ainda o Sol não despontava no horizonte. No verão, o céu enegrecia por completo apenas por volta da meia-noite. Em 1996 voltou-se a usar a zona UTC+0.

Em Portugal continental a zona UTC+0 distancia-se, numa média, de "37 minutos" em relação à hora do Sol.

Zonas horárias espanholas

Historicamente em Espanha usava-se a zona horária UTC+0. O país abandonou a zona horária correspondente aos seu fuso horário em 2 de Maio de 1942[13], por decisão de Francisco Franco, que preferiu ajustar o relógio nacional com o da Alemanha nazi de Hitler[14].

Zonas horárias francesas

A França, com os seus territórios ultramarinos, é o país com maior número de zonas horárias: 12.[15]

Zonas horárias russas

O país com maior número de fusos horários e zonas horárias em território contínuo é a Rússia, que se distribui por 11.[15]

Zonas horárias especiais

Antártida

A zona horária oficial da Antártida é única, a GMT 0.00, de Greenwich, Londres. É, porém, comum que nas bases instaladas no continente, seja adotado o horário do país ao qual a base pertence.

Zonas de meia hora

Há dez zonas horárias com desfasamento de X.1/2 em relação ao GMT 0 de Greenwich (sendo X um número inteiro de 1 a 12):

Zonas de 3/4 hora

Há três zonas horárias com defasamento de X.3/4 (Xh 45 min):

Zonas > +12 GMT

Além das já citadas Ilhas de Chathan, há duas zonas horárias que vão além da GMT +12, estabelecidas em 1994 com a eliminação do dia 31.12.1994.

Zonas marítimas

As zonas horárias marítimas foram estabelecidos em 1920 e são consideradas por embarcações quando em Alto mar, não incluídas aí as Águas territoriais dos países, ilhas, territórios de ultramar, etc. São zonas ditas "ideais", pois seguem exatamente os fusos, isto é, os Meridianos. O horário deve ser adiantado ou atrasado em uma hora, cada vez que um dos meridianos múltiplos de 15° (+/-7° 30') seja cruzado.

Zonas extremas

A mais populosa das zonas horárias é a GMT +8, da República Popular da China (quase toda a população do fuso), da Mongólia, de parte da Rússia (na Sibéria), oeste da Austrália. Essa é também a zona horária que cobre maior extensão territorial. Sobre o território da China, aproximadamente ao longo do 38º30'N, se estende por cerca de 4060 km, entre as longitudes 75ºE e 122ºE.

A segunda mais populosa é a GMT +5.1/2, da Índia. São bem populosos as zonas:

As menos populosas são as 7 quase "vazias" que ficam no meio dos grandes oceanos:

A zona com mais países é a UTC+1 (GMT +1), oeste da Europa e meio oeste da África, com 42 países.

O fuso que passa, na direção dos meridianos, por mais terras (menos mares) é o UTC+2 (GMT +2), que cobre do extremo norte da Noruega ao sul da África do Sul, cerca de 11 mil km. O fuso UTC-3 (GMT -3) tem seus pontos extremos, norte da Groenlândia e Terra do Fogo (Argentina), mais distantes (cerca de 14,5 mil km), porém passa por longa extensão do Oceano Atlântico.

Swatch Internet Time

Swatch Internet Time (também conhecido por Tempo Internet, Internet Time ou Biel Universal Time) é uma outra forma de contar o tempo mundial, tendo como unidade o .beat, criada pela fabricante de relógios Swatch da Suíça. Biel Meantime (BMT) é o meridiano inicial (@000), situado na rua Jakob-Staempfli, em Biel, na Suíça. Foi inaugurado em 23 de outubro de 1998.[18] O sistema consiste na eliminação da base hexadecimal e dos fusos horários utilizados atualmente. A hora mundial torna-se padrão em todos os lugares sendo o dia dividido em 1000 beats.[19] A simbologia deste sistema é representada pelo @ (@500 .beats, @650 .beats, @700 .beats...), assim quando em um lugar for @300 .beats do outro lugar também será @300 .beats. O sinal de arroba (@) pronunciado como at, significa em ou às. Beat em inglês é batida. Um beat é equivalente a 1 minuto e 26,4 segundos.

A vantagem desta atribuição é não ser necessário a utilização de fórmulas, pois não existem fusos horários diferentes; internautas podem marcar encontros na rede mundial de computadores sem ficar calculando os fusos.[20]

Este é o Tempo Internet quando esta página foi gerada:

Jet lag

Ver artigo principal: Jet lag

O jet lag (também conhecida por doença do fuso horário) é a perda de ritmo e concentração ao se passar por fusos horários diferentes em pouco tempo. Seus sintomas consistem em irritabilidade, cefaleia, taquicardia e alteração dos padrões de sono e fome.[10] Esse tipo de alteração ocorre devido às mudanças de hábitos (hora de comer e de dormir, por exemplo). Os efeitos do jet lag são mais evidentes quando a diferença de horário entre o ponto de saída e o destino é superior a quatro horas. É necessário, em média, um dia de descanso para cada hora de diferença.[21]

Referências

  1. «Entenda por que existem essas diferenças». Consultado em 23 de janeiro de 2009 
  2. Dicionário Aurélio Século XXI
  3. a b c d e «História com Ciência Afinal foram apenas 79 dias!». Consultado em 23 de janeiro de 2009. Arquivado do original em 31 de janeiro de 2009 
  4. FREITAS, Eduardo de. «Fuso Horário». Consultado em 23 de janeiro de 2009 
  5. «Time Zones» (em inglês). Consultado em 23 de janeiro de 2009 
  6. «The International Meridian Conference» (em inglês). Consultado em 23 de janeiro de 2009 
  7. «Explique à garotada a lógica das medidas de tempo e espaço». Consultado em 23 de janeiro de 2009 
  8. a b «Os fusos horários». Consultado em 23 de janeiro de 2009 
  9. «Entenda como funciona o fuso horário». Consultado em 23 de janeiro de 2009. Arquivado do original em 26 de abril de 2009 
  10. a b «Os fusos horários». Consultado em 23 de janeiro de 2009. Arquivado do original em 16 de março de 2009 
  11. BRASIL (18 de junho de 1913). «Decreto nº 2.784». Determina a hora legal. Presidência da República. Consultado em 22 de agosto de 2014 
  12. BRASIL (30 de outubro de 2013). «Lei nº 12.876». Altera o Decreto nº 2.784, de 18 de junho de 1913, para restabelecer os fusos horários do Estado do Acre e de parte do Estado do Amazonas, e revoga a Lei nº 11.662, de 24 de abril de 2008. Presidência da República. Consultado em 22 de agosto de 2014 
  13. «Congreso Nacional para Racionalizar los Horarios Españoles» 
  14. «Espanha admite mudar de fuso horário» 
  15. a b «Há 101 anos a mudar a hora. As histórias mais curiosas». Diário de Notícias. Consultado em 27 de março de 2017 
  16. [1]
  17. [2]
  18. «Hora da Internet - Como funciona?». Consultado em 24 de janeiro de 2009. Arquivado do original em 24 de janeiro de 2009 
  19. «Fusos horários e códigos». Consultado em 24 de janeiro de 2009 
  20. AGUERRE, Gabriele. «Que horas são?». Consultado em 24 de janeiro de 2009. Arquivado do original em 20 de fevereiro de 2009 
  21. Combate ao "jet lag" começa antes do embarque ; Acesso em 23 de janeiro de 2008

Ver também

Ligações externas

Fusos horários do Tempo Universal Coordenado (UTC)
−12 | −11 | −10 | −9:30 | −9 | −8 | −7 | −6 | −5 | −4:30 | −4 | −3:30 | −3 | −2:30 | −2 | −1 | −0:25 | UTC (0) | +0:20 | +0:30 | +1 | +2 | +3 | +3:30 | +4 | +4:30 | +4:51 | +5 | +5:30 | +5:40 | +5:45 | +6 | +6:30 | +7 | +7:20 | +7:30 | +8 | +8:30 | +8:45 | +9 | +9:30 | +10 | +10:30 | +11 | +11:30 | +12 | +12:45 | +13 | +13:45 | +14
Os fusos em itálico não são mais usados. Alguns países nos hemisférios norte* e sul** observam o horário de verão em seus respectivos estios.
En otros idiomas
Afrikaans: Tydsone
Alemannisch: Zeitzone
አማርኛ: ሰዓት ክልል
aragonés: Zona horaria
العربية: منطقة زمنية
অসমীয়া: সময় অঞ্চল
asturianu: Fusu horariu
azərbaycanca: Saat qurşağı
башҡортса: Сәғәт бүлкәте
Boarisch: Zeidzone
žemaitėška: Čiesa jousta
беларуская: Часавы пояс
беларуская (тарашкевіца)‎: Часавы пас
български: Часова зона
भोजपुरी: टाइम जोन
বিষ্ণুপ্রিয়া মণিপুরী: সময়র লয়া
brezhoneg: Rann-eur
bosanski: Vremenska zona
català: Zona horària
нохчийн: Сахьтан аса
qırımtatarca: Saat quşağı
čeština: Časové pásmo
Cymraeg: Cylchfa amser
dansk: Tidszone
Deutsch: Zeitzone
dolnoserbski: Casowa cona
Ελληνικά: Ζώνη ώρας
emiliàn e rumagnòl: Fûş orâri
English: Time zone
Esperanto: Horzono
español: Huso horario
eesti: Ajavöönd
euskara: Ordu-eremu
Võro: Aovüü
føroyskt: Tíðarsonur
français: Fuseau horaire
furlan: Fûs orari
Frysk: Tiidsône
Gaeilge: Amchrios
Gàidhlig: Roinn-tìde
galego: Fuso horario
Avañe'ẽ: Yvy arapehẽ
ગુજરાતી: સમય વિસ્તાર
Gaelg: Cryss hraa
客家語/Hak-kâ-ngî: Sṳ̀-khî
עברית: אזור זמן
हिन्दी: समय मण्डल
hrvatski: Vremenska zona
hornjoserbsce: Časowe pasmo
magyar: Időzóna
հայերեն: Ժամային գոտի
interlingua: Fuso horari
Bahasa Indonesia: Zona waktu
Ilokano: Sona ti oras
íslenska: Tímabelti
italiano: Fuso orario
Адыгэбзэ: Сыхьэт зонэ
ភាសាខ្មែរ: ល្វែងម៉ោង
ಕನ್ನಡ: ಸಮಯ ವಲಯ
한국어: 시간대
къарачай-малкъар: Сагъат бёлге
Кыргызча: Убакыт аралыгы
Lëtzebuergesch: Zäitzon
Limburgs: Tiedzaone
lumbaart: Füs urari
lietuvių: Laiko juosta
latviešu: Laika josla
Basa Banyumasan: Zona waktu
олык марий: Шагат ӱштӧ
македонски: Часовен појас
മലയാളം: സമയ മേഖല
монгол: Цагийн бүс
Bahasa Melayu: Zon waktu
မြန်မာဘာသာ: အချိန်ဇုန်
Plattdüütsch: Tietrebeet
Nederlands: Tijdzone
norsk nynorsk: Tidssone
norsk: Tidssone
Novial: Tempe-sone
Nouormand: Feusé horaire
Sesotho sa Leboa: Time zone
occitan: Fus orari
Livvinkarjala: Aiguvyöhykeh
ଓଡ଼ିଆ: ସମୟ ମଣ୍ଡଳ
ਪੰਜਾਬੀ: ਸਮਾਂ ਖੇਤਰ
Papiamentu: Zona di tempu
Norfuk / Pitkern: Tiemsoen
پنجابی: ویلہ تھاں
Runa Simi: Pacha suyu
română: Fus orar
русский: Часовой пояс
русиньскый: Часова зона
संस्कृतम्: समयवलयः
саха тыла: Кэм курдааһына
sicilianu: Fusu orariu
Scots: Time zone
سنڌي: وقت پٽو
davvisámegiella: Áigeavádat
srpskohrvatski / српскохрватски: Vremenska zona
Simple English: Time zone
slovenčina: Časové pásmo
slovenščina: Časovni pas
српски / srpski: Временска зона
Seeltersk: Tiedzone
Sunda: Zona wanci
svenska: Tidszon
Kiswahili: Kanda muda
ślůnski: Czasowo strefa
தமிழ்: நேர வலயம்
తెలుగు: కాల మండలం
Tagalog: Sona ng oras
Türkçe: Zaman dilimi
татарча/tatarça: Вакыт зонасы
тыва дыл: Шак куржаа
українська: Часовий пояс
oʻzbekcha/ўзбекча: Vaqt mintaqasi
vèneto: Fuso orario
vepsän kel’: Aigvö
Tiếng Việt: Múi giờ
Winaray: Zona hin oras
吴语: 时区
მარგალური: ოსათე ორტყაფუ
ייִדיש: צייט זאנע
中文: 时区
Bân-lâm-gú: Sî-khu
粵語: 時區