Forças de Defesa de Israel

Searchtool.svg
Esta página foi marcada para revisão, devido a incoerências e/ou dados de confiabilidade duvidosa. Se tem algum conhecimento sobre o tema, por favor, verifique e a coerência e o rigor deste artigo.
Broom icon.svg
As referências deste artigo necessitam de formatação (desde janeiro de 2013). Por favor, utilize fontes apropriadas contendo referência ao título, autor, data e fonte de publicação do trabalho para que o artigo permaneça verificável no futuro.
Forças de defesa de Israel
צְבָא הַהֲגָנָה לְיִשְׂרָאֵל
Idf back from lebanon.jpg
Militares de infantaria de Israel em marcha.
País Israel
RamosAir Force Ensign of Israel.svg Força Aérea Israelense
Flag of the Israeli Army (Land Arm).svg Exército Israelense
Naval Ensign of Israel.svg Marinha de Israel
Lideranças
Primeiro-ministroBenjamin Netanyahu
Ministro da DefesaAvigdor Liberman
Chefe do Estado-MaiorGeneral Gadi Eizenkot
ConscriçãoServiço militar obrigatório
Pessoal ativo176 500[1] (34º)
Pessoal na reserva445 000[1]
Despesas
OrçamentoUSD$ 18,6 bilhões[1] (2015)
Percentual do PIB2.6% (2006)[2]
Indústria
Fornecedores estrangeiros Estados Unidos
 Alemanha
 Reino Unido[3]
 França
 Itália
 Coreia do Sul
 Bélgica[4]
Flag of Spain.svg Espanha
 República Checa
 Turquia
 Canadá
 Hungria[5]
 Suécia
 Áustria

As Forças de Defesa de Israel (em hebraico: צבא ההגנה לישראל, transl. Loudspeaker.svg? Tzvá HaHaganá LeYisra'el, lit. "Exército de Defesa para Israel"[6]), conhecidas comumente no país pelo acrônimo hebraico Tzahal (צה"ל), são as forças armadas de Israel, que englobam suas forças terrestres, bem como a sua Marinha e Força Aérea, e foram formadas durante a Independência do país.

História

No período entre 1948 e 1949, quando Israel enfrentou os exércitos dos países árabes, os quais não aceitavam o estabelecimento do Estado judeu, as antigas facções armadas dos sionistas foram reunidas e aparelhadas com armas e munição fabricadas ilegalmente e também doadas por outros países, especialmente a Tchecoslováquia.

Mesmo em outras regiões do mundo, todos os cidadãos israelenses judeus maiores de 18 anos são convocados às Forças de Defesa.

Devido a seu treinamento rigorosíssimo as FDI situam-se hoje entre as mais bem reputadas forças de combate do mundo, tendo atuado em cinco grandes conflitos, desde a sua criação, como também executado diversas operações como:

Exército, Marinha e Força Aérea possuem um conjunto unificado, liderado por um chefe de Estado-Maior, que é responsável perante o Ministério da Defesa e indicado para um mandato de três ou quatro anos.

Israel juntou-se em 1988 ao seleto e restrito clube de países lançadores de satélites de espionagem.[7] Em 11 de junho de 2007, foi lançado da base aérea israelense de Palmachim na costa mediterrânea de Israel um veículo espacial shavit carregando o satélite Ofek 7, capaz de detectar objetos de 70 cm sobre a face da Terra.[8]

En otros idiomas
brezhoneg: Tsahal
hrvatski: Cahal
Bahasa Indonesia: Pasukan Pertahanan Israel
íslenska: Ísraelsher
ქართული: ცაჰალი
Ladino: Tsahal
srpskohrvatski / српскохрватски: Izraelske obrambene snage
Simple English: Israel Defense Forces
ייִדיש: צה"ל