Flamengo (neerlandês)

Flamengo (Vlaams)
Falado em:Países Baixos, Bélgica
Total de falantes:6,1 milhões na Bélgica e 16,2 milhões nos Países Baixos
Família:Indo-europeia
 Germânica
  Ocidental
   Saxônica baixa
    Francônia baixa
     Flamengo
Estatuto oficial
Língua oficial de:Bélgica (neerlandês)
Códigos de língua
ISO 639-1:--
ISO 639-2:---
ISO 639-3:vls

O termo flamengo (Vlaams) é uma designação genérica para o conjunto de dialetos do baixo frâncico (ou variantes do neerlandês) falados na Bélgica que inclui o brabantês (do qual faz parte o antuerpiano), o flamengo oriental, o flamengo ocidental e o limburguês. [1] Por vezes, o termo 'flamengo' é incorretamente usado como sinônimo da língua neerlandesa falada em Flandres - assim como, popularmente, o neerlandês falado nos Países Baixos é conhecido como 'holandês'.[2]

Não existe uma língua flamenga, exceto o próprio neerlandês, que é a língua oficial principal na Bélgica: 60% dos belgas vivem numa zona onde o neerlandês é a única língua oficial. O francês e o alemão também são línguas oficiais no sul do país. O neerlandês é falado em toda a Flandres, da costa até Limburgo. Embora Bruxelas, no centro da Flandres, seja oficialmente bilíngue (tendo o neerlandês e francês em condição de igualdade), o resto da Flandres é unilíngue.

História

O termo dialeto flamengo é uma denominação regional para o neerlandês falado na Bélgica. Linguisticamente é mais correto utilizar o termo neerlandês, porque os dialetos não têm tradição escrita. Escreve-se simplesmente em neerlandês.

Em 1579, as regiões norte e sul dos Países Baixos se separaram politicamente e se constituiu um governo independente ao norte, as Províncias Unidas. Durante a união entre Bélgica e Países Baixos formando um só reino (até 1831), os habitantes do sul (zona entregue pela França) permaneceram falando dialetos do francês (conhecido como valão). Esta mesma situação linguística persistiu após a independência da Bélgica, em 1831, e se mantém até os dias atuais.

Após uma longa luta, em 1938 o neerlandês tornou-se a única língua oficial do norte da Bélgica, exceto no distrito federal de Bruxelas (neerlandês e francês). No sul da Bélgica a língua oficial é o francês e no leste o alemão.

En otros idiomas
Alemannisch: Flämische Sprache
Ænglisc: Flemisc sprǣc
العربية: فلمنكية
žemaitėška: Flamandu kalba
brezhoneg: Flandrezeg
Cymraeg: Fflemeg
English: Flemish
Esperanto: Flandra lingvo
euskara: Flandriera
Frysk: Flaamsk
客家語/Hak-kâ-ngî: Vlaams-ngî
hrvatski: Flamanski jezik
Bahasa Indonesia: Bahasa Vlaams
íslenska: Flæmska
ᐃᓄᒃᑎᑐᑦ/inuktitut: ᐱᓚᒥᔅ
日本語: フラマン語
한국어: 플라망어
kernowek: Flemek
lumbaart: Flamengh
لۊری شومالی: زون فلامانی
lietuvių: Flamandų kalba
latviešu: Flāmu valoda
македонски: Фламански јазик
Plattdüütsch: Fläämsch
Nedersaksies: Vlaoms
नेपाल भाषा: डच-फ्लेमिश भाषा
Nederlands: Vlaams
norsk nynorsk: Flamsk
Piemontèis: Lenga vlaams
română: Limba flamandă
Scots: Flemish
Simple English: Flemish language
српски / srpski: Фламански језик
svenska: Flamländska
Türkçe: Flamanca
українська: Фламандська мова
oʻzbekcha/ўзбекча: Flamand tili
Tiếng Việt: Flemish
West-Vlams: Vlams (Nederlands)
მარგალური: ფლემიშური ნინა
中文: 弗拉芒语