Fight Club (romance)

Disambig grey.svg Nota: Para adaptação cinematográfica de 1999, veja Fight Club. Para jogo de 2004, veja Fight Club (jogo eletrônico).
Fight Club
Fight Club novel cover.jpg
Capa da versão em E-book
Autor(es)Chuck Palahniuk
IdiomaInglês
PaísEstados Unidos Estados Unidos
GêneroSátira literária
SérieFight Club
Arte de capaMichael Ian Kaye
Melissa Hayden
Proverbial Inc
EditoraW. W. Norton
Lançamento17 de agosto de 1996
Páginas208
ISBN0-393-03976-5
Cronologia
Fight Club 2

Fight Club é um romance de 1996 de Chuck Palahniuk. Segue-se a experiências de um protagonista sem nome, lutando contra a insônia. Inspirado pela observação exasperada de seu médico que a insônia não é sofrimento, o protagonista encontra alívio por representar uma pessoa gravemente doente em vários grupos de apoio. Em seguida, ele encontra um homem misterioso chamado Tyler Durden e criam um clube de luta clandestino.

Em 1999, o diretor David Fincher adaptou o romance em um filme de mesmo nome, estrelado por Brad Pitt e Edward Norton. O filme se tornou cult, apesar da bilheteria menor do que o resultado esperado. A proeminência do filme aumentou o perfil do romance e o de Palahniuk. A sequência Fight Club 2 foi lançada em forma de revista em quadrinhos, em maio de 2015.[1]

Enredo

Fight Club centra em um narrador anônimo, que trabalha como um reparador de produtos especializados para uma empresa de carros sem nome. Por causa do estresse do seu trabalho e o jet lag de sua viagens frequentes de negócios, ele começa a sofrer recorrentemente de insônia. Quando ele procura tratamento, o seu médico o aconselha a visitar algum grupo de apoio para "ver o que é um sofrimento real". Ele descobre que partilhar os problemas dos outros—apesar de não ter o câncer de testículo—ajuda a aliviar sua insônia.

O tratamento exclusivo do narrador funciona até encontrar Marla Singer, uma outra "turista" que visita o grupo de apoio sob falsos pretextos. Ele possivelmente se perturbou com a presença de Marla lembrando ao narrador que ele é um faker que não pertence ao grupo. Ele começa a odiar Marla por parar suas insônias. Depois de um confronto, os dois concordam em participar separados das reuniões do grupo de apoio para se evitarem. A trégua é desconfortável, e a insônia do narrador retorna.

Enquanto em uma praia de nudismo, o narrador encontra Tyler Durden, um carismático extremista e misterioso. Depois de uma explosão destruir o condomínio do narrador, ele pede para ficar na casa de Tyler. Tyler concorda, mas pede algo em troca: "eu quero que você me bateu tão forte quanto você puder."[2] Ambos gostaram da luta fora do bar. Posteriormente começam a morar juntos, e criam um "clube da luta".

En otros idiomas