Fernando Estévez

Virgem da Candelária (padroeira das Ilhas Canárias).

Fernando Estévez de Salas ( La Orotava, 03 de março de 1788 - San Cristóbal de La Laguna, 14 de agosto de 1854) foi um escultor, pintor, urbanista e professor de design espanhol, o maior expoente da arte neoclássico nas Ilhas Canárias. Ele é considerado o mais importante escultor na história do Ilhas Canárias. [1]

Biografia

Fernando Estévez nasceu em 1788 em La Orotava, no norte da ilha de Tenerife, onde seu pai tinha a sua oficina de prata. Desde os seus primeiros anos, Fernando demonstrou um talento para a arte.

Sua primeira formação artística foi no mosteiro franciscano de San Lorenzo em La Orotava. Lá ele conheceu o pintor, escultor e arquiteto José Luján Pérez, então ele trabalhou em seu estúdio em Las Palmas de Gran Canaria até 1808, quando Fernando Estévez abriu sua própria oficina de arte em La Orotava. Em 1846 ele abriu uma oficina em Santa Cruz de Tenerife. Mais tarde, ele também lecionou na Academia Provincial de Belas Artes. [2]