Estado socialista

Question book-4.svg
Esta página ou secção cita fontes confiáveis e independentes, mas que não cobrem todo o conteúdo, comprometendo a sua verificabilidade(desde dezembro de 2014). Por favor, mais referências inserindo-as no texto. Material sem fontes poderá ser removido.
Encontre fontes: Google (notícias, livros e acadêmico)

Estado socialista é qualquer Estado que se dedique constitucionalmente a desenvolver uma sociedade socialista.

Atualmente, os Estados que conservam total ou parcialmente estas características são: República Moldava da Transnístria, República Popular da China, a República de Cuba, a República Democrática Popular da Coreia, a República Democrática Popular Laoana, e a República Socialista do Vietnã.

Também se emprega o nome Estado comunista, usado pela imprensa capitalista durante a Guerra Fria em referência ao sistema de partido único e o governo do Partido Comunista. Esta denominação é em realidade um oxímoro, posto que a teoria marxista almeja que no comunismo o Estado deixaria de existir e esse seria a fase mais avançada do socialismo. Quase todos estes Estados destacaram seu caráter socialista em seu nome oficial e quatro dos cinco que hoje existem continuam fazendo. Assim, muitos destes estados contêm os adjetivos popular, socialista e democrático em sua denominação. Existem também estados que contêm estes termos em seu nome embora não tenham adotado esse sistema, como a República Democrática Socialista do Sri Lanka e a República Democrática Popular da Argélia.

História

Este mapa indica todas as áreas do mundo que, em algum momento de sua história, fizeram parte de um Estado que se declarava socialista (de acordo com a sua constituição). Diferentes Estados usaram a palavra "socialismo" com significados distintos. O mapa utiliza as fronteiras atuais, o que pode não coincidir com as fronteiras de alguns estados socialistas do passado.

A República Popular da China, apesar de ser governada pelo Partido Comunista da China e ser oficialmente marxista-leninista-maoísta, nos últimos anos reimplantou muitas características do sistema capitalista no que denomina socialismo com características chinesas. Não obstante, este retorno ao capitalismo de mercado não é absoluto nem homogêneo, posto que se dá principalmente nas áreas litorâneas e grandes cidades, observando porém que a presença estatal na economia decresceu para aproximadamente 30 por cento do PIB. [1] [2] [3] Também a República Socialista do Vietnã deu alguns passos nesse sentido.

Entre 1989 e 1992 deixaram de existir a grande maioria dos estados que se auto-denominaram socialistas do mundo. A República Popular Polonesa voltou ao multipartidismo e ao capitalismo de mercado em 1990; a República Democrática Alemã foi absorvida pela República Federal Alemã no mesmo ano. A União das Repúblicas Socialistas Soviéticas foi desarticulada em 1991, dissolvendo-se em seguida o Partido Comunista da União Soviética (PCUS). Os conflitos nacionalistas acabaram com a República Socialista Federal da Iugoslávia um ano depois; destino similar ocorreu em todos os restantes capitalismos de Estado da Europa.

Na mesma época os dois páises que aderiram ao capitalismo de Estado africanos mais estáveis, Moçambique e Angola, abandonaram o sistema. Na América, a República de Cuba manteve em linhas gerais inalterando o sistema, mas se viu forçada a permitir a formação de empresas mistas entre o Estado e multinacional para fazer frente à precária situação econômica em que deixou a desaparição do Conselho de Ajuda Mútua Econômica e com ele seus principais mercados, somado ao pré-existente bloqueio dos Estados Unidos ao país caribenho.

Em países que antigamente eram repúblicas da URSS, como a Moldávia, a Ucrânia, a Bielorrússia ou a própria Rússia, os comunistas continuam sendo uma importante força política. De fato, o partido do Presidente moldavo é o Partido Comunista da República Moldava e na Rússia o Partido Comunista da Federação Russa é o principal partido da oposição a Vladimir Putin. Na Alemanha o Partido da Esquerda, herdeiro do Partido Socialista Unificado da Alemanha que governara na RDA, é a segunda maior força na antiga Alemanha Oriental.

En otros idiomas
Bahasa Indonesia: Negara sosialis
日本語: 社会主義国
norsk nynorsk: Sosialiststatar
română: Stat socialist
Simple English: Socialist country
oʻzbekcha/ўзбекча: Sotsialistik davlatlar