Enosis

Uma manifestação cipriota em 1930 em favor da Enosis.
Bandeira da revolução cretense de 1866 com as iniciais de "Creta, Enosis, Liberdade ou Morte"

Enosis (em grego: Ένωσις, que significa "união") refere-se ao movimento da população greco-cipriota para incorporar a ilha de Chipre à Grécia.

No passado, o mesmo termo foi utilizado em várias épocas e locais para designar movimentos entre as demais populações gregas fora dos limites do Reino da Grécia, tal como inicialmente criado em 1830, que aspiravam ser incorporados nesse reino.

Movimentos sociais que exigem a Enosis foram populares em Creta, nas Ilhas Jônicas e em Dodecaneso, culminando com no alcance de seu objetivo e na sua unificação com a Grécia. A reivindicação pela Enosis entre gregos na Ásia Menor terminou mais tragicamente, com esses gregos sendo expulsos em massa no final da Guerra Greco-Turca (1919-1922).[1]

Nos tempos modernos, além de Chipre, a reivindicação para a Enosis é adotada entre parte dos gregos que vivem no sul da Albânia, Epiro do Norte.[2]

  • ver também

Ver também

Referências

  1. Smith, Michael Llewellyn (1999). Ionian vision : Greece in Asia Minor, 1919-1922. New edition, 2nd impression ed. London: C. Hurst. ISBN 9781850653684 
  2. Stein, Jonathan (2000). The politics of national minority participation in post-communist Europe : state-building, democracy, and ethnic mobilization. Armonk, N.Y.: Sharpe. 180 páginas. ISBN 9780765605283 
En otros idiomas
беларуская: Энозіс
български: Еносис
català: Enosi
čeština: Enosis
Чӑвашла: Энозис
Deutsch: Enosis
Ελληνικά: Ένωσις
English: Enosis
español: Enosis
suomi: Énosis
français: Énosis
magyar: Enózisz
հայերեն: Էնոզիս
Bahasa Indonesia: Enosis
italiano: Enōsis
қазақша: Энозис
lumbaart: Enosis
Nederlands: Enosis
polski: Enosis
русский: Энозис
Türkçe: Enosis
українська: Енозіс