Engenharia de controle e automação


Ambox rewrite.svg
Esta página precisa ser reciclada de acordo com o livro de estilo (desde novembro de 2013).
Sinta-se livre para editá-la para que esta possa atingir um nível de qualidade superior.
Flag of Brazil.svgGnome-globe.svg
Esta página ou seção está redigida sob uma perspectiva principalmente brasileira e pode não representar uma visão mundial do assunto.
Por favor ou discuta este caso na página de discussão.
Sistemas de esteiras, utilizados para transportar os mais diversos tipos de materiais.

Engenharia de Controle e Automação PB é a área dentro da engenharia voltada ao controle de processos industriais e automação de processos de manufatura, utilizando-se para isso de elementos sensores, elementos atuadores, sistemas de controle, Sistemas de Supervisão e Aquisição de Dados e outros métodos que utilizem os recursos da elétrica, eletrônica, mecânica e informática.

Descrição

A Engenharia de Controle e Automação tem como objetivo tornar um processo produtivo automático, assim este será mais confiável e versátil, e sua operação mais simples e econômica.

Para obter a automação de um sistema, é necessário ter uma visão global do processo a ser automatizado, e combinar esse conhecimento com os princípios de elétrica, mecânica, eletrônica e computação.

A automação é completa quando toda uma linha de produção funciona do começo ao fim sem a intervenção humana, agindo apenas pelo ação das próprias máquinas e controladores.

As etapas para desenvolver um controle automático podem ser resumidas da seguinte forma: inicia-se com a modelagem matemática do sistema ou planta, a partir do qual se analisa o comportamento dinâmico da planta, e então se projeta um controlador que fará o sistema evoluir da forma desejada, além de se adaptar às mudanças dos elementos sob controle.

O sistema de controle não precisa realizar a automação completa do processo industrial. Também, há processos semi-automáticos, onde parte da ação necessitam intervenção manual. As escolhas dependerão do tipo de processo, custos envolvidos e segurança dos operadores.

Os termos controle e automação já foram ponto de conflito, sobre qual seria o termo mais correto. Automação é um neologismo originado do inglês automation, e refere-se ao uso de tecnologia para facilitar o trabalho do ser humano ou estender sua capacidade física e mental. Controle é uma contração de controle automático, e refere-se ao uso de um dispositivo (controlador) que sem auxílio ação humana faça um sistema se comportar da maneira desejada.

Hoje, os dois termos são usados indistintamente quando se referem a esta área da engenharia.

Alguns exemplos de sistemas de controle e automação são: robôs industriais, linha de montagem de automóveis, manufatura de circuito eletrônico, fabricação de microchip (circuito integrado), sistemas de tratamento de água, refinaria de petróleo, usinas de geração de energia, siderúrgicas, petroquímicas...

Diagrama de Automação

A figura ao lado é possível observar esta relação, e em especial a interseção entre a mecânica, a ciência da computação e a elétrica - neste caso dividida em eletrônica e controle.

En otros idiomas