Edições 70

As Edições 70, são uma editora livreira portuguesa.

História

As Edições 70 surgiram no início da década de 1970. Os seus primeiros quatro anos, anteriores ao 25 de abril de 1974, a editora esteve quase a desaparecer, devido à apertada vigilância exercida pela Censura, que levou à apreensão de diversas obras, levando a editora a sofrer elevadas perdas financeiras.

Com o 25 de abril de 1974, e a abertura cultural, surgiram novos e ambiciosos projectos que se concretizaram nos anos seguintes.

Em 1976, iniciaram um processo de intensa cooperação com os PALOP (Países Africanos de Língua Oficial Portuguesa) permitindo a divulgação de muitas obras e autores desses países.

A partir de 1978, começaram a lançar várias colecções, que ainda hoje constituem a imagem de marca da editora e, através das quais, consagraram a sua vocação no âmbito das ciências humanas. Colecções como “O Lugar da História”, “Perspectivas do Homem”, “Arte & Comunicação”, “Biblioteca Básica de Filosofia” e “Textos Filosóficos”.

Em 2005, as Edições 70 juntaram-se ao Grupo Almedina, alargando o seu catálogo, podendo continuar, como há mais de três décadas, a reivindicar o seu lema “Por uma cultura viva e livre”.

En otros idiomas