Ecologia urbana

Ambox grammar.svg
Esta página ou secção precisa de correção ortográfico-gramatical.
Pode conter incorreções textuais, e ainda pode necessitar de melhoria em termos de vocabulário ou coesão, para atingir um nível de qualidade superior conforme o livro de estilo da Wikipédia. Se tem conhecimentos linguísticos, sinta-se à vontade para .
Ambox rewrite.svg
Esta página precisa ser reciclada de acordo com o livro de estilo (desde janeiro de 2018).
Sinta-se livre para editá-la para que esta possa atingir um nível de qualidade superior.
Wikitext.svg
Esta página ou seção precisa ser wikificada (desde janeiro de 2018).
Por favor ajude a formatar esta página de acordo com as diretrizes estabelecidas.
Ocupação urbana na Reserva Florestal do Grajaú, na zona norte do Rio de Janeiro.

Ecologia urbana é uma nova área de estudos ambientais que procura entender os sistemas naturais dentro das áreas urbanas, ou seja, é um conceito ecológico que tem por base a análise e observação das relações urbanas com a fauna e flora, os quais podem estar dentro ou nos arredores dos centros das cidades.[1]

É uma área que trabalha com as interações entre plantas, animais e de seres humanos. Ecologistas urbanos estudam árvores, rios, vida selvagem e áreas livres que podem ser encontrados nas cidades para entender até que ponto esses recursos são afetados pela poluição, urbanização e outras formas de pressão causadas pelos seres humanos [1].

Importância

Estudos em ecologia urbana servem de parâmetros para um conceito de cidades como parte de um ecossistema vivo, o qual o homem deve se preocupar.[1]

Ao longo da história pode-se ver claramente que o meio ambiente foi alterado de forma radical[2].

Devido a isto, a ecologia urbana se tornou uma área que adquiriu uma importância tão grande tornando-a essencial.[3]

Como exemplo temos nascentes de água e reservas subterrâneas que são infectadas ou extinguidas através da ocupação e utilização descontrolados. Essa dura realidade se mostra clara quando vemos as grandes cidades com altos índices de poluição ambiental gerada após anos de descaso e só agora pode ser sentindo o quanto as ações humanas são irresponsáveis em relação ao planeta Terra [3].

Aplicar políticas que visem criar a conscientização das pessoas e a introdução da cultura de sustentabilidade e ecologia urbana nas populações de todas as faixas sociais é fundamental para garantir uma melhor condição de vida para todos e dar a oportunidade de aprenderem que a utilização de meios sustentáveis pode ser muito mais do que meramente "agir ecologicamente de forma correta"[3]

Uma área muito conhecida da população e que está intimamente ligada a ecologia urbana é a reciclagem.[4]

E devido a sua grande importância, esses programas envolvendo reciclagem de materiais e o processamento de resíduos, deveriam passar a ser subsidiado pelos governos assim como patrocinados pela iniciativa privada.Assim, a sustentabilidade urbana consiste em um dos grandes desafios da sociedade atual e consequentemente de seus governantes.[5]