Dureza da água

Dureza da água é a propriedade relacionada com a concentração de íons de determinados minerais dissolvidos nesta substância ou mais especificamente as águas duras contém sais de cálcio e de magnésio em concentrações relativamente elevadas. A dureza da água é predominantemente causada pela presença de sais de Cálcio e Magnésio, de modo que os principais íons levados em consideração são os de Cálcio (Ca2+) e Magnésio (Mg2+).[1] Eventualmente também o Zinco, Estrôncio, Ferro ou Alumínio podem ser levados em conta na aferição da dureza.[2]

Dureza geral

A dureza da água é composta de duas partes, a dureza temporária e a dureza permanente. A dureza temporária é gerada pela presença de carbonatos e bicarbonatos, que podem ser eliminadas por meio de fervura da água. A dureza permanente é devida a cloretos, nitratos e sulfatos, que não são susceptíveis à fervura.

À somatória da dureza temporária e permanente dá-se o nome de "Dureza Geral" (ou total) da água.

En otros idiomas
العربية: عسر الماء
bosanski: Tvrdoća vode
čeština: Tvrdost vody
Deutsch: Wasserhärte
Esperanto: Akvohardeco
eesti: Kare vesi
français: Dureté de l'eau
hrvatski: Tvrdoća vode
Bahasa Indonesia: Kesadahan air
日本語: 硬度 (水)
lietuvių: Vandens kietis
latviešu: Ūdens cietība
Nederlands: Waterhardheid
srpskohrvatski / српскохрватски: Tvrdoća vode
සිංහල: කඨින ජලය
српски / srpski: Tvrdoća vode
українська: Твердість води