Divindades aquáticas (mitologia grega)

Ambox rewrite.svg
Esta página precisa ser reciclada de acordo com o livro de estilo (desde Fevereiro de 2008).
Sinta-se livre para editá-la para que esta possa atingir um nível de qualidade superior.
Divindades gregas

Proteus-Alciato.gif
Proteu
Deuses Primordiais
Deuses Olímpicos
Deuses Ctónicos
Titãs
Divindades aquáticas
Musas
Outras divindades
Divindades aquáticas

Esta é uma lista de personagens da mitologia grega que dominam as águas. [1]

Pontos

Pontos, o mar, é mencionado apenas nas genealogias. Seu filho Nereu, o velho do mar, antiga e benigna divindade marinha, ainda está bem próximo das forças elementares da natureza. A julgar por Hesíodo, Pontos sozinho deu origem a Nereu (Hes.Th. 233-236); nas versões mais tardias, ele teve de unir-se a Gaia para gerar o filho. Ponto é a primeira divindade que surge como força primal das águas e é personificado como o mar primitivo. Nasceu de Gaia por partenogênese, e é irmão mais velho de Urano. É muito confundido com o titã Oceano. Nas lendas atuais Pontos é o líder e mestre de todos os rios sinistros que banham o tártaro. Esta dualidade de Pontos, como o gerador da vida, e o líquido da morte nos traduz que vida e morte têm um ponto comum. Pontos é o pai, junto de Gaia, de várias divindades marinhas como Fórcis, Ceto, Taumante, Euríbia, Proteu e Nereu.