Console de jogos eletrônicos

Question book-4.svg
Esta página cita fontes confiáveis e independentes, mas que não cobrem todo o conteúdo (desde setembro de 2009). Ajude a inserir referências. Conteúdo não verificável poderá ser acadêmico)
Vg icon.svg
Jogos eletrônicos
Super Nintendo, uma consola de jogos muito popular em sua época.

Console de jogo eletrônico (pt-BR) ou consola de jogo eletrónico (pt) (também chamado no Brasil simplesmente de videogame ou console, e em Portugal de videojogo ou consola) é um microcomputador dedicado a executar jogos de vídeo (jogo eletrônico) de diversas naturezas ou, como são conhecidos, diversos gêneros, como jogos de tiro, jogos de ação, música e outros. O console executa um jogo de cada vez, mas que pode ser facilmente intercambiado de acordo com o desejo do usuário. Apreciadores de videojogos existem em ambos os sexos e todas as faixas etárias, de crianças a adultos.

Vasta é a biblioteca de títulos e estilos de jogos a disposição dos jogadores, e podem estar gravados em disco de leitura óptica (CDs, DVDs, BDs ou mídia especializada, como no caso do PSP e GameCube), no próprio disco rígido da consola, em cartões de memória ou em cartuchos. Em tais jogos, é possível interagir através de comandos dados por meio de um controle (ou comando), usualmente chamado de joystick. Atualmente também é possível controlar um jogo através de comandos de voz e por gestos, assim como funções básicas do console, como selecionar um jogo da biblioteca, administrar o conteúdo de seu disco rígido, ajustar data e hora, etc.As informações dos jogos são processadas no interior do aparelho e disponibilizadas aos jogadores através de uma interface gráfica e sonora, apresentada em algum dispositivo de áudio e vídeo (televisão, monitor de vídeo, fones de ouvido, etc. por imagens e animação, fala, efeitos sonoros e música) e muitas vezes tátil, através de vibração do controle ou do fone de ouvido.

História

O físico William Higinbotham, integrante da equipe do projeto Manhattan (produtores da primeira bomba atômica) é historicamente o inventor do videogame, em 1958 no laboratório de pesquisas nucleares estadunidense, mas este não patenteou o mesmo por achar um conceito muito elementar.[1] Portanto oficialmente não é considerado seu criador.[1]

William adaptou o programa de um osciloscópio que demonstrava a trajetória de uma bola em movimento onde os visitantes teriam de interagir com esta, sendo batizado de "Tenis para Dois" (ou Tennis Programming).[1][2]

Em 1966, o engenheiro eletrônico alemão Ralph Baer, especialista em televisores e empregado da empresa Sanders Associates, pensou no conceito que implementasse novas funções para os televisores,[1] criar um equipamento que processasse jogos eletrônicos por meio de sua veiculação na televisão, com poucos recursos financeiros.[1] Mas a empresa teve um momento de crise e demissões em massa. Assim Ralph procurou novos investidores, então em agosto de 1972 fechou parceria com a empresa de eletrônicos Magnavox, que lança o primeiro aparelho de jogos elétricos domestico (ou para televisores) da historia, batizado de Odyssey,[1] iníciando oficialmente a primeira geração de consoles (1972-1977).[2]

En otros idiomas
asturianu: Videoconsola
azərbaycanca: Video oyun konsolu
български: Игрална конзола
bosanski: Igraća konzola
čeština: Herní konzole
Cymraeg: Consol gemau
Deutsch: Spielkonsole
Esperanto: Videoludilo
español: Videoconsola
euskara: Bideokontsola
hrvatski: Igraća konzola
Bahasa Indonesia: Konsol permainan
íslenska: Leikjatölva
日本語: ゲーム機
lumbaart: Console
latviešu: Spēļu konsole
македонски: Играчка конзола
Bahasa Melayu: Konsol permainan video
Nederlands: Spelcomputer
norsk nynorsk: Spelekonsoll
Runa Simi: Widyu kunsula
srpskohrvatski / српскохрватски: Igraća konzola
Simple English: Video game console
slovenčina: Herná konzola
slovenščina: Igralna konzola
shqip: Konzola
српски / srpski: Играчка конзола
svenska: Spelkonsol
українська: Гральна консоль
oʻzbekcha/ўзбекча: Video oʻyin konsoli
Tiếng Việt: Video game console
吴语: 游戏机
Bân-lâm-gú: Iû-hì-ki
粵語: 遊戲機