Cinema da Argentina

Question book.svg
Esta página não cita fontes confiáveis e independentes, o que compromete sua credibilidade (desde março de 2017). Por favor, referências e insira-as corretamente no texto ou no rodapé. Conteúdo sem fontes poderá ser removido.
Encontre fontes: Google (notícias, livros e acadêmico)
Cinema latino-americano
Cinema norte-americano

O Cinema na Argentina tem passado por uma revigoração desde a década de 1990, apesar da forte crise econômica atravessada pelo país. Filmes como El Hijo de la Novia, Nueve Reinas, Plata Quemada, El Abrazo Partido, Kamtchatka, La Ciénaga e Cenizas del Paraíso atestaram um salto de qualidade técnica e de linguagem na produção nacional e lançaram à fama internacional cineastas como Lucrecia Martel, Daniel Burman, Marcelo Piñeyro e Pablo Trapero.

A Argentina também foi o primeiro país da América Latina a produzir um longa-metragem que recebeu o certificado Dogma 95, com o filme Fuckland, de 1999.

A Academia de Artes e Ciências Cinematográficas da Argentina é a encarregada de seleccionar os filmes argentinos que competem pelos prémios Óscar, Goya e Ariel.


O Commons possui uma categoria contendo imagens e outros ficheiros sobre Cinema da Argentina
En otros idiomas