Castela e Leão

Espanha Castela e Leão

Castilla y León (es)

Castiella y Llión (ast)
Castela e León (gl)

 
Bandeira de Castela e Leão
Bandeira
Brasão de armas de Castela e Leão
Brasão de armas
Castilla y Leon in Spain (plus Canarias).svg
CapitalValladolid (de facto)
Administração
 - PresidenteJuan Vicente Herrera Campo (Partido Popular)
Área
 - Total94,223 § km²
População (2005)
 - Total2 478 376
    • Densidade 26,57 hab./km²
Gentílicocastelhano e leonês/esa
castellano, a" y "leonés, sa (segundo o estatuto)
ProvínciasÁvila, Burgos, Leão, Palência, Salamanca, Segóvia, Soria, Valladolid, Zamora
Idioma oficialCastelhano
Leonês
Galego
Estatuto de autonomia30 de novembro de 2007

(reformado do 28 de Fevereiro de 1983)

ISO 3166-2ES-CL
Congresso
Senado
33 assentos
36 assentos
SítioJunta de Castilla y León
§ 18,6% da área total de Espanha

Castela e Leão é uma comunidade autónoma espanhola, classificada como «comunidade histórica e cultural» no seu Estatuto de Autonomia. Estabelecida enquanto pré-autonomia, em 1978, e oficializada como comunidade autónoma em 1983, é, segundo o seu Estatuto de Autonomia, a moderna união do antigo Reino de Castela com o Reino de Leão.

Situada no norte da meseta da Península Ibérica, no noroeste de Espanha, é, em termos de área, a maior daquele país e uma das maiores divisões políticas subestatais da União Europeia, correspondendo-se maioritariamente com a parte espanhola da Bacia Hidrográfica do Douro. Compõe-se de nove províncias: Ávila, Burgos, Leão, Palência, Salamanca, Samora, Segóvia, Sória e Valladolid.

Já desde o início do debate federalista em Espanha, no século XIX (no decorrer da Primeira República)[1][2], surgiram projetos de autonomia para uma região castelhano-leonesa, se bem que com a inclusão das atuais comunidades da Cantábria e Rioja (Castela-a-Velha). O seu Estatuto de Autonomia declara no preâmbulo que

A Comunidade Autónoma de Castela e Leão surge da moderna união dos territórios históricos que compunham e deram nome às antigas coroas de Castela e de Leão. Há mil e cem anos constituiu-se o Reino de Leão, do qual se desmembraram em qualidade de reinos, ao longo do século XI, os de Castela e Galiza e, em 1143, o de Portugal. Durante estas duas centúrias os monarcas que ostentaram o governo destas duas terras alcançaram a dignidade de imperadores, tal como atestam as intitulações de Afonso VI e Afonso VII.
La Comunidad Autónoma de Castilla y León surge de la moderna unión de los territorios históricos que componían y dieron nombre a las antiguas coronas de León y Castilla. Hace mil cien años se constituyó el Reino de León, del cual se desgajaron en calidad de reinos a lo largo del siglo xi los de Castilla y Galicia y, en 1143, el de Portugal. Durante estas dos centurias los monarcas que ostentaron el gobierno de estas tierras alcanzaron la dignidad de emperadores, tal como atestiguan las intitulaciones de Alfonso VI y Alfonso VII.

O Estatuto de Autonomia define uma série de valores essenciais e símbolos dos habitantes de Castela e Leão, como o seu património linguístico — aludindo às línguas castelhana, leonesa e galega — ou ao seu património histórico, artístico e natural. Entre os símbolos encontram-se o brasão, a bandeira, o pendão, o hino — apesar de não existir —, ao mesmo tempo que o dia 23 de abril foi definido como o Dia de Castela e Leão, em comemoração da derrota sofrida pelos exércitos das Comunidades de Vila e Terra castelhanas em Vilalar durante a Guerra das Comunidades, em 1521.

É na comunidade que se encontra mais de 60% de todo o património (arquitetónico, artístico, cultural) existente em Espanha[3], o que se traduz em nove bens Património da Humanidade[4], quase 1800 bens de interesse cultural classificados, 112 conjuntos históricos, 400 museus, mais de 500 castelos, dos quais 16 considerados de alto valor histórico[5][6], 12 catedrais, 1 concatedral[7], e a maior concentrção de arte românica do mundo.

Assim, os montes de Valsaim e as serras de Béjar e França, no sistema Central; os vales de Laciana, Omanha e Luna e os Picos da Europa e os Ancares, na cordilheira Cantábrica; e a Meseta Ibérica, na zona fronteiriça com Portugal, foram declarados reserva da biosfera pela UNESCO, a qual também reconhece o geoparque da Lora com esta figura de proteção.[8] Para além disto, Castela e Leão está altamente relacionada com dois dos registos do Programa Memória do Mundo da UNESCO como são os Decreta das Cortes de Leão de 1188, cúria régia considerada o berço do parlamentarismo mundial pela própria instituição[9], e o Tratado de Tordesilhas.[10]

Segundo os dados do Instituto Nacional de Estatística de 2016, o seu PIB per capita leva-a a situar-se no oitavo lugar do conjunto do Estado.[11] Em 2007, o seu Índice de Desenvolvimento Humano era o quarto maior do país, e encontra-se acima de países como a França, Suécia, Países Baixos ou o Japão.[12][13] O Índice de Desenvolvimento de Serviços Sociais coloca a comunidade como a terceira que melhor serviços oferece aos seus cidadãos[14], e a sua educação (de acordo com o relatório PISA de 2015), encabeça as pontuações em leitura e ciências.[15]

História

A comunidade autónoma de Castela e Leão é o resultado da união, em 1983, de nove províncias: as três que após a divisão territorial de 1833 (através da qual foram criadas as províncias), se adscreveram à Região de Leão e seis adscritas a Castela-a-Velha, excetuando neste último caso as províncias de Santander (atual Cantábria) e Logronho (atual Rioja).

No caso da Cantábria, foi defendida a criação de uma comunidade autónoma por motivos históricos, culturais e geográficos, enquanto que na Rioja o processo se tornou mais complexo devido à existência de três opções, fundamentadas todas elas tanto em motivos históricos como socioeconómicos: união com Castela e Leão, união a uma comunidade vasco-navarra ou criação de uma autonomia uniprovincial, opção esta apoiada pela maioria da sua população.

En otros idiomas
azərbaycanca: Kastiliya və Leon
Bikol Central: Castilla asin Leon
беларуская: Кастылія і Леон
беларуская (тарашкевіца)‎: Кастылія і Леон
български: Кастилия и Леон
čeština: Kastilie a León
estremeñu: Castilla i Lión
Gàidhlig: Castilla y León
Avañe'ẽ: Castilla y León
客家語/Hak-kâ-ngî: Castilla lâu León
Hawaiʻi: Castille a Leon
Kreyòl ayisyen: Kastil ak Leon
interlingua: Castilia e León
Bahasa Indonesia: Castilla y León
íslenska: Kastilía-León
Basa Jawa: Castile-Leon
kernowek: Kastil ha Leon
Lëtzebuergesch: Kastilien-León
Lingua Franca Nova: Castelia e Leon
македонски: Кастиља и Леон
Bahasa Melayu: Castile-León
Nederlands: Castilië en León
norsk nynorsk: Castilla y León
Norfuk / Pitkern: Castiil a' Liion
Piemontèis: Castija e León
tarandíne: Castiglia e León
srpskohrvatski / српскохрватски: Kastilja i Leon
Simple English: Castile and León
српски / srpski: Кастиља и Леон
Seeltersk: Kastilien-León
українська: Кастилія і Леон
oʻzbekcha/ўзбекча: Castilla y León
Tiếng Việt: Castilla và León
West-Vlams: Castilië en León
Bân-lâm-gú: Castilla kap León