Bioquímico

PortalA Wikipédia tem o portal:

Bioquímico[nota 1] (contração de bio e químico= químico da vida, químico-biologista) é o profissional que estuda e aplica as leis da química e bioquímica para o entendimento e para aplicação tecnológica de biomoléculas e de organismos vivos (bioquímica industrial, biotecnologia e bioprocessos,bioquímica de alimentos, bioquímica médica e clínica, bioquímica agrícola e ambiental, bioquímica veterinária) para benefícios comerciais, industriais, e/ou benefícios a saúde humana e animal, a agrícola e ambiental. No Brasil, não se deve confundir farmacêutico com o bioquímico, visto que um é profissional de saúde e outro é profissional da química da vida e da biotecnologia. Por bastante tempo, os cursos de graduação em farmácia no Brasil denominaram-se Farmácia-Bioquímica, em errônea alusão à habilitação em análises clínicas. Isto gerou na sociedade, e mesmo nos meios acadêmicos, a falsa noção de que bioquímica seria sinônimo de análises clínicas e farmácia.

O Bioquímico

Trata-se do profissional que estuda e aplica as leis da química e bioquímica para o entendimento e a aplicação tecnológica de biomoléculas e de organismos vivos (bioquímica industrial, biotecnologia e bioprocessos, bioquímica médica e clínica) para benefícios comerciais e industriais, e/ou benefícios a saúde humana e animal, a agropecuária e ao meio ambiente. O Bioquímico, portanto,é o profissional que estuda a bioquímica de um ponto de vista de ciência básica e aplicada tecnologica e industrialmente. Os bioquímicos utilizam ferramentas e conceitos da química e da biologia, particularmente da química orgânica, físico-química, Química analítica, fermentações e metabolismo, biologia celular, biologia molecular , para a elucidação dos sistemas vivos e para sua aplicação tecnológica e industrial.Desta forma o bioquímico possui conhecimentos científicos, capacitação técnica e habilidades para atuar em ensino superior, pesquisa, desenvolvimento e inovação, controle e garantia de qualidade, produção industrial, laboratórios, comércio de produtos científicos, laboratoriais e industriais, bioeconomia, além de aprender sobre os princípios éticos e legais relativos à profissão no âmbito do seu exercício profissional.[1]

O campo de estudo da bioquímica engloba o estudo de proteínas, carboidratos, ácidos nucléicos (DNA, RNA), lipídeos, vitaminas, íons bioinorgânicos (Cálcio, Magnésio,Potássio, Cloreto por exemplo), metabolismo, enzimas, fermentações, compostos de metabolismo secundário, tais como os da fitoquímica, com aplicações em áreas industriais diversas (fármacos e biofármacos, alimentos e bebidas, biocombustíveis, cosméticos etc..), de serviços laboratoriais de análises (análises clínicas, análises de alimentos, análises de fármacos e cosméticos, análises ambientais), de comércio e marketing de produtos relacionados, patentes e inovações, assuntos regulatórios, segurança química e biossegurança, garantia e controle de qualidade etc...

Para tanto os bioquímicos se utilizam de instrumentos e técnicas químicas, bioquímicas e biofísicas, biólogicas, imunológicas e microbiológicas tais como análises químicas e físico-químicas, eletroforese, cromatografia (em especial HPLC/CLAE e gasosa), espectrofotometria, reação em cadeia da polimerase (PCR), plasmídeos e tecnologia do dna recombinante (engenharia genética), espectrometria de massas, ressonância magnética nuclear, ensaios de fluorescência (espectroscopia de fluorescência por exemplo), biorreatores, ensaios de ligação de biomoléculas (Western Blot), dicroísmo circular, PCR quantitativo, bioinformática, Sohxlet, destilação, centrifugação, Kjeldalhl, Demanda química de oxigênio (DQO), Infra-vermelho, calorimetria e análises térmicas, citometria de fluxo, ensaios de ligação e técnicas imunológicas (ELISA, Western, Imunohistoquímica), ensaios enzimáticos, bioensaios, microscopia, análises microbiológicas entre outros.

De igual importância para o bioquímico se encontram os conhecimentos de metodologia científica, estatística,projeto experimental, controle de qualidade, inovação tecnológica, gestão (de laboratórios e de projetos), empreendedorismo, patentes e propriedade intelectual,biossegurança e segurança química, normas de qualidade ISO 9000, 17025) e BPF e BPL dentre outros

Em geral, os bioquímicos se encaixam nos seguintes perfis:

  • O Bioquímico pesquisador científico: Possui gosto em aplicar o método científico e a criatividade na fronteira do conhecimento e tem facilidades de lidar com ambiguidades e incertezas. Naturalmente empreendedores, poderão se desenvolver também como um bioquímico gestor (abaixo) ao se tornar chefe de laboratório e/ou bioquímico docente.
  • O Bioquímico industrial ou clínico (produção,controle de qualidade e análise): Este bioquímico prefere aplicar o método científico e seu conhecimento em bioquímica em algo palpável e concreto (poucas ambiguidades e incertezas), sem lidar com a fronteira do conhecimento, mas sim fazendo um produto ou uma análise química/bioquímica/microbiólogica que gere um laudo conclusivo ao cliente. Com o tempo, podem vir a transitar para o perfil de bioquímico gestor ou empreendedor.Estão envolvidos com produção industrial, garantia e controle de qualidade, análises laboratoriais diversas, melhoramentos contínuo de produtos e processos. Estão envolvidos em ramos de aplicação diversos: biocombustíveis, alimentos e bebidas (queijos, cerveja, vinho), cosméticos, fármacos e biofármacos, produtos veterinários, análises clínicas e toxicológicas, diagnóstico molecular, tratamento de águas e esgotos, análises de alimentos e bromatologia, análises de águas, análises ambientais etc...
  • O bioquímico gestor/comercial: Este tipo geralmente nasce nas empresas júniores, onde se aprende que é muito interessante juntar conhecimentos do mundo dos negócios com conhecimentos técnicos em bioquímica e com a criatividade e poder de inovação típicos do pesquisador nato e do empreendedor. Conhecimentos como gestão de projetos, marketing e vendas, gestão de inovações, liderança, administração abrem inúmeros caminhos profissionais em empresas e indústrias na área de vendas e gestão de laboratórios, gestão de inovações e patentes, gestão de biossegurança e segurança química etc....
  • O bioquímico empreendedor: Essa é a pessoa que irá assumir os riscos de criar e ser dono do próprio negócio ou do próprio laboratório. Todo pesquisador nato é empreendedor por natureza, mas em geral, esse tipo nasce da capacidade de alguém formular e aplicar na pesquisa básica, indústria, clínica ou gestão e comércio duas simples perguntas: Que problemas precisam de respostas ou novas respostas? Que respostas eu posso dar a esses problemas?
  • O bioquímico docente: Este é o bioquímico que gosta de reproduzir o conhecimento aprendido, mas não necessariamente irá ser pesquisador. Pode ser excelente profissional para cursos, consultorias,treinamentos, docência em faculdades privadas e eventualmente algumas faculdades públicas. Se tiver o espírito do bioquímico pesquisador, será um excelente profissional em universidades públicas.

. Alguns bioquímicos de destaque podem ser vistos abaixo e nessa listagem: Lista de Bioquímicos.

En otros idiomas
English: Biochemist
español: Bioquimico
eesti: Biokeemik
עברית: ביוכימאי
interlingua: Biochimico
Nederlands: Biochemicus
română: Biochimist
русский: Биохимик
Simple English: Biochemist