Base (química)

Disambig grey.svg Nota: Para outros significados, veja base.

Uma base (também chamada de álcali), de acordo com a química clássica, é qualquer substância que libera única e exclusivamente o ânion OH (íons hidroxila ou oxidrila) em solução aquosa. Soluções com estas propriedades dizem-se básicas ou alcalinas. As bases possuem baixas concentrações de íons H+, sendo considerado base as soluções que têm, a 25 °C, pH acima de 7.Também conduzem corrente elétrica,assim como os ácidos.

Possuem sabor adstringente que “amarra” a boca, ou seja, diminui a salivação (ou popularmente, cica) e são empregadas como produtos de limpeza, medicamentos (antiácidos) entre outros. Muitas bases, como o hidróxido de magnésio (leite de magnésia) são fracas e não trazem danos. Outras como o hidróxido de sódio (NaOH ou soda cáustica) são corrosivas e sua manipulação deve ser feita com cuidado.Pode ser determinado forte ou fraca com o grau de solubilidade.

Definições

O químico sueco Svante Arrhenius propôs a definição clássica de bases e de ácidos.

A caracterização mais antiga das bases parte de sua ação sobre o tornassol, um indicador ácido-base que fica vermelho em ácido e azul em bases. Portanto, bases eram consideradas as substâncias que mudam para azul a cor do tornassol vermelho.[1]

A definição de base como uma substância que, em solução aquosa origina como ânions exclusivamente os íons hidroxila, foi proposta por Arrhenius em 1887 e adotada pela Química Clássica.[1] A presença da hidroxila explica o sabor, a ação sobre os indicadores e sobre os ácidos, e a condutibilidade elétrica de suas soluções.[2] A teoria de Arrhenius limita-se a substâncias que reagem em meio aquoso e não explica o comportamento básico de algumas substâncias, como a amônia, que não possui hidroxila e é gasosa nas condições ambiente.[3]

Em 1923, o químico dinamarquês Johannes Nicolaus Brønsted e o inglês Thomas Martin Lowry, em estudos desvinculados entre si, propuseram a definição de base como "espécies químicas capazes de receber prótons".[2] Este conceito inclui, além do OH, outros ânions, como o Cl e até mesmo moléculas, como a água (H2O) e a amônia, indo além das substâncias contidas na definição de Arrhenius,[2] tornando-se o conceito mais amplamente utilizado na descrição de reações entre ácidos e bases, como as que ocorrem na produção de biodiesel.[4]

No mesmo ano de 1923, Gilbert Lewis sugeriu um novo conceito, definindo como base qualquer substância que doa pares de elétrons não ligantes, numa reação química - doador do par eletrônico, formando ligações dativas.[5] A definição de Lewis é mais geral e completa,[4] por se aplicar também a sistemas não aquosos e a casos não previstos na teoria anterior, e é a chave para a compreensão da química dos minerais na alimentação humana.[6]

O termo "álcali", introduzido pelos alquimistas[1] e usado como um sinônimo, pode também ser usado em sentidos mais restritos para designar bases solúveis em água[2] ou um tipo especialmente forte de bases, formadas com metais alcalinos, como hidróxidos de sódio, de potássio,[7] de lítio, de rubídio e de césio.[2]

En otros idiomas
Afrikaans: Basis
Alemannisch: Basen (Chemie)
aragonés: Base (quimica)
অসমীয়া: ক্ষাৰ
asturianu: Base (química)
azərbaycanca: Əsaslar
башҡортса: Нигеҙ (химия)
беларуская: Асновы
беларуская (тарашкевіца)‎: Аснова (хімія)
български: Основа (химия)
বাংলা: ক্ষারক
brezhoneg: Bazenn (kimiezh)
bosanski: Baza (hemija)
català: Base química
čeština: Zásady (chemie)
Cymraeg: Bas (cemeg)
Ελληνικά: Βάση
Esperanto: Bazo (kemio)
español: Base (química)
euskara: Base
فارسی: باز (شیمی)
suomi: Emäs
Võro: Lipõ
føroyskt: Lútur
français: Base (chimie)
Nordfriisk: Baas
Gaeilge: Bun (ceimic)
ગુજરાતી: બેઈઝ
हिन्दी: क्षार
Fiji Hindi: Base (chemistry)
hrvatski: Baze (kemija)
Kreyòl ayisyen: Baz (chimi)
հայերեն: Հիմքեր
interlingua: Base (chimia)
Bahasa Indonesia: Basa
íslenska: Basi
italiano: Base (chimica)
日本語: 塩基
ქართული: ფუძე
Kabɩyɛ: Hoye
қазақша: Негіздер
한국어: 염기
kurdî: Baz (kîmya)
Кыргызча: Негиз (химия)
Lëtzebuergesch: Base
lumbaart: Bas
lietuvių: Bazė
latviešu: Bāze (ķīmija)
македонски: База (хемија)
മലയാളം: ക്ഷാരം
Bahasa Melayu: Bes
Plattdüütsch: Base
Nederlands: Base (scheikunde)
norsk nynorsk: Base
norsk: Base
Novial: Base
occitan: Basa (quimia)
ਪੰਜਾਬੀ: ਖ਼ਾਰ
polski: Zasady
پنجابی: اساس
Runa Simi: Llipt'a
română: Bază (chimie)
armãneashti: Bazâ
русиньскый: Основа (хемія)
संस्कृतम्: क्षारः
davvisámegiella: Bása (kemiija)
srpskohrvatski / српскохрватски: Baza (hemija)
Simple English: Base (chemistry)
slovenčina: Zásada (chémia)
slovenščina: Baza (kemija)
shqip: Bazat
српски / srpski: База (хемија)
svenska: Bas (kemi)
Kiswahili: Besi (kemia)
Tagalog: Base
Türkçe: Baz
українська: Основи (хімія)
اردو: اساس
oʻzbekcha/ўзбекча: Asos (kimyo)
Tiếng Việt: Bazơ
Winaray: Base (kimika)
吴语: 盐基
ייִדיש: באזע (כעמיע)
中文: 鹽基
Bân-lâm-gú: Iâm-ki
粵語: