Atos dos Apóstolos

Os Atos dos Apóstolos (pré-AO 1990: Actos dos Apóstolos) (em grego: Πράξεις των Αποστόλων; transl.: ton praxeis apostolon; em latim: Acta Apostolorum) é o quinto livro do Novo Testamento. Geralmente conhecida apenas como "Atos", ele descreve a história da Era Apostólica. O autor é tradicionalmente identificado como Lucas, o Evangelista.

O Evangelho de Lucas e o livro de Atos formavam apenas dois volumes de uma mesma obra, à qual daríamos hoje o nome de História das Origens Cristãs[1], e no início do segundo século, esses dois livros acabaram sendo separados um do outro pelo Evangelho de João, o último evangelho a ser escrito . Lucas provavelmente não atribuiu a este segundo livro um título próprio. Somente quando seu evangelho foi separado dessa segunda parte do livro e colocado junto com os outros três evangelhos é que houve a necessidade de dar um título ao segundo volume[2]. Isso se deu muito cedo, por volta de 150 d.C. Tanto em sua intenção quanto em sua forma literária, este escrito não é diferente dos quatro evangelhos[3].

Escritores dos séculos II e III fizeram várias sugestões para nomear essa obra, como O memorando de Lucas (Tertuliano) e Os atos de todos os apóstolos (Cânon Muratori). O nome que finalmente iria consagrar-se aparece pela primeira vez no prólogo antimarcionista de Lucas (final do século II)[4]) e em Ireneu[5]. A palavra Atos denotava um gênero ou subgênero reconhecido, caracterizado por livros que descreviam os grandes feitos de um povo ou de uma cidade[2]. O título segue um costume da literatura helenística, que conhecia os Atos de Anibal, os Atos de Alexandre, entre outros.

O objetivo desse livro é mostrar a ação do Espírito Santo na primeira comunidade cristã e, por ela, no mundo em redor. O conteúdo do livro não corresponde ao seu título, porque não se fala de todos os apóstolos, mas somente de Pedro e de Paulo. João e Filipe aparecem apenas como figurantes. Entretanto, não são os atos desses apóstolos que achamos no livro, mas antes a história da difusão do Evangelho, de Jerusalém até Roma, pela acção do Espírito Santo[3].

Estrutura

O livro pode ser dividido em duas partes: o período das missões locais e o período das missões estrangeiras:

En otros idiomas
Afrikaans: Handelinge
Boarisch: Apostlgschicht
беларуская (тарашкевіца)‎: Дзеі Сьвятых Апосталаў
Mìng-dĕ̤ng-ngṳ̄: Sé̤ṳ-dù Hèng-diông
गोंयची कोंकणी / Gõychi Konknni: धर्मदुतांचो इतिहास
客家語/Hak-kâ-ngî: Sṳ́-thù-hàng-chhon
Kreyòl ayisyen: Akdèzapot
interlingua: Actos del Apostolos
Bahasa Indonesia: Kisah Para Rasul
日本語: 使徒言行録
Basa Jawa: Para Rasul
한국어: 사도 행전
Lingua Franca Nova: Atas de la Apostoles
lumbaart: At di Apostuj
latviešu: Apustuļu darbi
norsk nynorsk: Apostelgjerningane
srpskohrvatski / српскохрватски: Djela apostolska
Simple English: Acts of the Apostles
slovenčina: Skutky apoštolov
српски / srpski: Дела апостолска
українська: Дії апостолів
Wolof: Jëf ya
isiXhosa: IZenzo
中文: 使徒行传
Bân-lâm-gú: Sù-tô͘ Hēng-toān
粵語: 使徒行傳
isiZulu: IzEnzo