Aposematismo

Question book-4.svg
Esta página ou secção cita fontes confiáveis e independentes, mas que não cobrem todo o conteúdo, o que compromete a verificabilidade (desde março de 2013). Por favor, insira mais referências no texto. Material sem fontes poderá ser acadêmico)

Aposematismo ou coloração de advertência é uma adaptação da coloração corporal de animais em que cores vivas e marcantes estão presentes no indivíduo e evitam a predação destes animais. Por serem cores frequêntes em animais impalatáveis, tóxicos ou venosos, estas passaram ao longo da evolução biológica a servirem como alerta para predadores e serem utilizadas tanto por animais que realmente apresentam tais características assim como aqueles que não as possuem. [1] Espécies que possuem esta aparência incluem muitas rãs venenosas (Dendrobatidae), salamandras (Salamandridae), o venenoso Monstro-de-gila (Helodermatidae) e as cobras-coral e marinha (Elapidae).

Várias combinações são utilizadas, mas as principais são: vermelho e amarelo; vermelho e preto; vermelho, amarelo e preto; preto e branco ou simplesmente cores vibrantes uniformes por todo o corpo. Exemplos dessas cores são o amarelo, vermelho, verde e azul.

As espécies aposemáticas são, com frequência, modelos em sistemas de mimetismo por convergência a um padrão de coloração comum em espécies que, de resto, não são semelhantes. Em alguns casos, uma espécie palatável se disfarça como uma impalatável (mimetismo batesiano) enquanto em outros casos diversas espécies impalatáveis convergem na aparência, cada uma ganhando proteção derivada de sua similaridade com as outras espécies (mimetismo mülleriano).

Os predadores que são visualmente orientados podem ser responsáveis pela origem e a manutenção de polimorfismo balanceado produzido por seleção aposemática, polimorfismo para a camuflagem, polimorfismo mimético do tipo batesiano ou mülleriano e polimorfismo de animais aposemáticos.

Benefícios

Cobra-coral

Os indivíduos que possuem cores alarmantes podem ser selecionados (Seleção Natural) e manter essa característica por gerações seguintes (hereditariedade). Predadores subsequentemente evitam presas com coloração semelhante devido a um sinal de que o organismo pode ser impalatável. Aves e mamíferos podem aprender a evitar presas com cores alarmantes observando a experiência ruim de outros indivíduos, mas esse aprendizado por observação nunca foi demonstrado para anfíbios ou répteis. Se as consequências de atacar uma presa com coloração alarmante forem sérias o suficiente para reduzir o fitness do predador, hábitos que envolvam evitar esse tipo de presa podem evoluir.

A seleção favoreceu aos que apresentam aposematismo, pois tanto o predador quanto a presa saem ilesos de um possível encontro entre os dois.

En otros idiomas
bosanski: Aposematizam
català: Aposematisme
čeština: Aposematismus
Deutsch: Aposematismus
English: Aposematism
Esperanto: Aposematismo
español: Aposematismo
فارسی: رنگ هشدار
français: Aposématisme
galego: Aposematismo
Bahasa Indonesia: Aposematisme
italiano: Aposematismo
日本語: 警告色
한국어: 경계색
македонски: Апосемија
Bahasa Melayu: Aposematisme
Simple English: Warning colouration
slovenščina: Aposematizem
svenska: Aposematism
Tiếng Việt: Tín hiệu xua đuổi
中文: 警戒作用