Alemanha Oriental



Deutsche Demokratische Republik
República Democrática Alemã

República Socialista

Merchant flag of Germany (1946–1949).svg
1949 – 1990Flag of Germany.svg
FlagBrasão
BandeiraBrasão
Lema nacional
"Proletarier aller Länder, vereinigt Euch!" (alemão: «Proletários do mundo, uni-vos»)
Hino nacional
Auferstanden aus Ruinen
"Reerguidos das Ruínas"


Localização de Alemanha Oriental
Localização da Alemanha Oriental
ContinenteEuropa
CapitalBerlim Leste
Língua oficialAlemão
GovernoSocialismo
Chefe de Estado
 • 1949-1960Wilhelm Pieck
 • 1960-1973Walter Ulbricht
 • 1973-1976Willi Stoph
 • 1976-1989Erich Honecker
 • 1989Egon Krenz
 • 1989-1990Manfred Gerlach
Chefe de governo
 • 1949-1964Otto Grotewohl
 • 1964-1973Willi Stoph
 • 1973-1976Horst Sindermann
 • 1976-1989Willi Stoph
 • 1989-1990Hans Modrow
 • 1990Lothar de Maizière
História
 • 7 de outubro de 1949Fundação
 • 3 de outubro de 1990Dissolução
Área
 • 1990108 333 km2
População
 • 1990 est.16 111 000 
     Dens. pop.148,7 hab./km²
MoedaMarco alemão-oriental

A Alemanha Oriental ou Alemanha Socialista, oficialmente República Democrática Alemã (RDA) (em alemão: Deutsche Demokratische Republik - DDR), foi um Estado criado em 1949 no território da zona de ocupação soviética, uma das zonas ocupadas pelos Aliados na Alemanha após a Segunda Guerra Mundial, quando o território alemão foi repartido entre os Estados Unidos, o Reino Unido, a França e a União Soviética. Enquanto a zona soviética deu origem à RDA, a junção das outras três deu origem à República Federal da Alemanha (RFA), ou Alemanha Ocidental.

História

Mapa da unificação

A RDA foi proclamada em Berlim Oriental no dia 7 de outubro de 1949. Estabeleceu-se um regime socialista amplamente controlado pela União Soviética.

Em Junho de 1953, após a morte de Stalin, dá-se a violenta repressão da Revolta de 1953 na Alemanha Oriental.[1] Este facto fez com que cerca de três milhões de habitantes da Alemanha Oriental fugissem para a Alemanha Ocidental.

A RDA foi declarada totalmente soberana em 1954. Tropas soviéticas continuaram porém no terreno com base nos acordos de Potsdam, tendo em vista contrabalançar a presença militar dos Estados Unidos na República Federal Alemã durante a Guerra Fria. A RDA foi um membro do Pacto de Varsóvia.

A capital da Alemanha Oriental manteve-se em Berlim Oriental, enquanto que a capital da RFA foi transferida para Bona. No entanto, Berlim foi também dividida em Berlim Ocidental e Berlim Oriental, com a parte ocidental controlada pela RFA, apesar de a cidade estar totalmente situada em território da RDA. Esta divisão foi reforçada pela construção do muro de Berlim em 1961, e que esteve de pé até 1989.

Em 3 de Outubro de 1990 ocorreu a reunificação da Alemanha. A população da RDA votou esmagadoramente a favor de um retorno à tradicional estruturação do seu território em Länder e à integração destes "Estados" na República Federal da Alemanha, com a dissolução do governo central da Alemanha oriental. A pequena minoria contrária à reunificação submeteu-se à decisão da maioria.

En otros idiomas
беларуская (тарашкевіца)‎: Нямецкая Дэмакратычная Рэспубліка
Chavacano de Zamboanga: República Democrática Alemana
Cebuano: East Alemanya
dansk: DDR
English: East Germany
føroyskt: Eysturtýskland
Nordfriisk: DDR
贛語: 東德
Bahasa Indonesia: Jerman Timur
Basa Jawa: Jerman Wétan
한국어: 동독
монгол: Зүүн Герман
Bahasa Melayu: Jerman Timur
مازِرونی: شرقی آلمان
پنجابی: چڑھدا جرمنی
саха тыла: ГДР
srpskohrvatski / српскохрватски: Istočna Njemačka
Simple English: East Germany
српски / srpski: Источна Немачка
svenska: Östtyskland
Türkçe: Doğu Almanya
oʻzbekcha/ўзбекча: Germaniya Demokratik Respublikasi
吴语: 东德
中文: 東德
文言: 東德
Bân-lâm-gú: Tang-tek
粵語: 東德