Alcatrão
English: Tar

Question book-4.svg
Esta página cita fontes confiáveis e independentes, mas que não cobrem todo o conteúdo (desde junho de 2019). Ajude a inserir referências. Conteúdo não verificável poderá ser acadêmico)
Broom icon.svg
As referências deste artigo necessitam de formatação (desde maio de 2016). Por favor, utilize fontes apropriadas contendo referência ao título, autor, data e fonte de publicação do trabalho para que o artigo permaneça verificável no futuro.
Alcatrão da Madeira

O alcatrão é uma mistura de substâncias betuminosas, espessa, escura e de forte odor, que se obtém da destilação de certas matérias orgânicas, principalmente de carvão, ossos e de algumas madeiras resinosas. Destes tipos, o alcatrão de hulha é o produto mais conhecido e comercializado, geralmente por siderúrgicas.

À semelhança de um derivado do carvão do qual retirou o seu nome, o alcatrão é uma substância que se encontra presente no fumo do tabaco. O alcatrão é um resíduo negro e viscoso composto por centenas de substâncias químicas, algumas das quais são consideradas carcinogênicas ou classificadas como resíduos tóxicos. Entre as substâncias que se podem encontrar no alcatrão do tabaco, incluem-se hidrocarbonetos policíclicos aromáticos, aminas aromáticas e compostos inorgânicos.[1]

Numa primeira instância, o alcatrão provoca a obstrução dos pulmões e perturbações respiratórias e, assim, à semelhança de outros componentes do cigarro, é responsável pela sua toxicidade, provocando a dependência do tabaco e várias doenças associadas ao seu consumo, como por exemplo, câncer de pulmão e enfisema pulmonar. Em Portugal, a palavra alcatrão também é usada como sinónimo de asfalto.

Na clássica experiência em laboratório da origem da vida, por Stanley L. Miller e Harold C. Urey, foi produzido alcatrão como o produto mais abundante (85% da produção).[2]

  • ver também

Ver também

Referências

  1. http://brasilescola.uol.com.br/quimica/alcatrao.htm
  2. Mark Eastman, M.D. e Chuck Missler (2010). «The Origin of Life and The Suppression of Truth». Robert Shapiro, Origins-A Skeptics Guide to the Creation of Life on Earth,(1986),pg. 105. Consultado em 29 de maio de 2016 
En otros idiomas
العربية: قطران
azərbaycanca: Qarayağ
žemaitėška: Smala
беларуская: Дзёгаць
беларуская (тарашкевіца)‎: Дзёгаць
български: Катран
català: Quitrà
čeština: Dehet
Чӑвашла: Тикĕт
dansk: Tjære
Deutsch: Teer
Ελληνικά: Πίσσα
English: Tar
Esperanto: Gudro
español: Alquitrán
eesti: Tõrv
euskara: Mundrun
فارسی: قطران
suomi: Terva
français: Goudron
Gaeilge: Tarra
galego: Alcatrán
עברית: זפת
हिन्दी: तारकोल
hrvatski: Katran
magyar: Szurok
հայերեն: Կուպր
Bahasa Indonesia: Tar
Ido: Gudro
íslenska: Tjara
italiano: Catrame
日本語: 乾留液
ಕನ್ನಡ: ಟಾರೆಣ್ಣೆ
한국어: 타르
lietuvių: Degutas
latviešu: Darva
മലയാളം: ടാർ
မြန်မာဘာသာ: ကတ္တရာ
эрзянь: Кекше
Nederlands: Teer
norsk nynorsk: Tjøre
norsk: Tjære
occitan: Quitran
polski: Dziegieć
română: Gudron
русский: Дёготь
Scots: Taur
srpskohrvatski / српскохрватски: Katran
Simple English: Tar
slovenčina: Decht
slovenščina: Katran
Soomaaliga: Gaamur
shqip: Katrani
svenska: Tjära
தமிழ்: தார்
Türkçe: Katran
українська: Дьоготь
oʻzbekcha/ўзбекча: Gudron
Tiếng Việt: Hắc ín
ייִדיש: פעך
中文: 焦油