Alcatrão

Broom icon.svg
As referências deste artigo necessitam de formatação (desde maio de 2016). Por favor, utilize fontes apropriadas contendo referência ao título, autor, data e fonte de publicação do trabalho para que o artigo permaneça verificável no futuro.
Alcatrão da Madeira

O alcatrão é uma mistura de substâncias betuminosas, espessa, escura e de forte odor, que se obtém da destilação de certas matérias orgânicas, principalmente de carvão, ossos e de algumas madeiras resinosas. Destes tipos, o alcatrão de hulha é o produto mais conhecido e comercializado, geralmente por siderúrgicas.[1]

À semelhança de um derivado do carvão do qual retirou o seu nome, o alcatrão é uma substância que se encontra presente no fumo do tabaco. O alcatrão é um resíduo negro e viscoso composto por centenas de substâncias químicas, algumas das quais são consideradas carcinogênicas ou classificadas como resíduos tóxicos. Entre as substâncias que se podem encontrar no alcatrão do tabaco, incluem-se hidrocarbonetos policíclicos aromáticos, aminas aromáticas e compostos inorgânicos.[2]

Numa primeira instância, o alcatrão provoca a obstrução dos pulmões e perturbações respiratórias e, assim, à semelhança de outros componentes do cigarro, é responsável pela sua toxicidade, provocando a dependência do tabaco e várias doenças associadas ao seu consumo, como por exemplo, câncer de pulmão e enfisema pulmonar. Em Portugal, a palavra alcatrão também é usada como sinónimo de asfalto.[3]

Na clássica experiência em laboratório da origem da vida, por Stanley L. Miller e Harold C. Urey, foi produzido alcatrão como o produto mais abundante (85% da produção).[4]

  • ver também

Ver também

Referências

  1. http://www.dicionarioinformal.com.br/significado/alcatr%C3%A3o/6847/
  2. http://brasilescola.uol.com.br/quimica/alcatrao.htm
  3. http://www.dicionarioinformal.com.br/significado/alcatr%C3%A3o/6847/
  4. Mark Eastman, M.D. e Chuck Missler (2010). «The Origin of Life and The Suppression of Truth». Robert Shapiro, Origins-A Skeptics Guide to the Creation of Life on Earth,(1986),pg. 105. Consultado em 29 de maio de 2016. 
En otros idiomas
العربية: قطران
azərbaycanca: Qarayağ
žemaitėška: Smala
беларуская: Дзёгаць
беларуская (тарашкевіца)‎: Дзёгаць
български: Катран
català: Quitrà
čeština: Dehet
Чӑвашла: Тикĕт
dansk: Tjære
Deutsch: Teer
Ελληνικά: Πίσσα
English: Tar
Esperanto: Gudro
español: Alquitrán
eesti: Tõrv
euskara: Mundrun
فارسی: قطران
suomi: Terva
français: Goudron
Gaeilge: Tarra
galego: Alcatrán
עברית: זפת
हिन्दी: तारकोल
magyar: Szurok
հայերեն: Կուպր
Ido: Gudro
íslenska: Tjara
italiano: Catrame
日本語: 乾留液
한국어: 타르
lietuvių: Degutas
latviešu: Darva
മലയാളം: ടാർ
မြန်မာဘာသာ: ကတ္တရာ
эрзянь: Кекше
Nederlands: Teer
norsk nynorsk: Tjøre
norsk: Tjære
occitan: Quitran
polski: Dziegieć
română: Gudron
русский: Дёготь
Scots: Taur
srpskohrvatski / српскохрватски: Katran
Simple English: Tar
slovenčina: Decht
slovenščina: Katran
Soomaaliga: Gaamur
shqip: Katrani
svenska: Tjära
தமிழ்: தார்
Türkçe: Katran
українська: Дьоготь
oʻzbekcha/ўзбекча: Gudron
Tiếng Việt: Hắc ín
ייִדיש: פעך
中文: 焦油