Étienne Méhul

Étienne Méhul
Nome nativoÉtienne-Nicolas Méhul
Nascimento22 de junho de 1763
Givet
Morte18 de outubro de 1817 (54 anos)
Paris
CidadaniaFrança
Ocupaçãocompositor, organista
PrêmiosLegião de Honra, Prix de Rome
Magnum opusChant du départ
Movimento estéticomúsica clássica, Era Romântica
Causa da mortetuberculose
Assinatura
Méhul signature.jpg
Étienne Méhul, Antoine-Jean Gros

Etienne Henri (ou Nicolas) Méhul (22 de junho, 1763 - 18 de outubro, 1817) foi um compositor francês, "o mais importante compositor de ópera na França durante a Revolução Francesa."[1] Ele também foi o primeiro compositor a ser chamado de "Romântico".[2]

Vida

Ele nasceu em Givet, Ardennes. Os pais demasiado pobres para lhe dar uma educação musical regular, as suas primeiras lições vieram de um pobre cego organista da Givet; ainda que fosse essa a sua aptidão, quando fêz dez anos, foi nomeado organista do convento do Récollets. Em 1775 um músico e organista alemão, Wilhelm Hauser, foi contratado para o mosteiro de Lavaldieu, a poucos quilómetros de Givet, Méhul tornou-se seu pupilo ocasional.