Ábba

Aba ou Ábba (אבא) é um vocábulo que significa pai em várias das línguas semíticas. Pode também ser transcrito como "Ab" ou "Aba". É utilizado corriqueiramente na língua aramaica para referir-se carinhosamente ao genitor, mas adquiriu um significado sagrado para algumas religiões.

Entre os cristãos, por exemplo, é utilizado para designar o Deus Pai, aparecendo quatro vezes no Novo Testamento (Marcos 14:36; Mateus 26:39; Romanos 8:15; Gálatas 4:6), com a respectiva tradução grega.

Uso na Bíblia

Esta palavra aparece três vezes na Bíblia. Ocorre sempre numa forma transliterada no grego original e frequentemente é transliterada nas traduções em português. Toda vez, o termo é logo seguido pela tradução ho pa·tér em grego, que literalmente significa "o pai", ou, usado como vocativo, "ó Pai". Em cada caso, é usada com referência ao Pai celeste, Javé, Deus.

O evangelista Marcos registra que Jesus usou este termo ao orar a Deus no Getsêmani, pouco antes de sua morte, dizendo: «Aba, Pai, tudo te é possível; afasta de mim este cálice: todavia não seja o que eu quero, mas o que tu queres» (Marcos 14:36). Eis aqui o fervoroso apelo de um filho a um pai amado, seguido rapidamente pela garantia de que, em qualquer caso, ele permaneceria obediente.

As duas outras vezes que esta palavra aparece são nas epístolas do apóstolo Paulo, em Romanos 8:15 e Gálatas 4:6. Nestes casos, a palavra indica a intimidade da relação dos cristãos com seu Pai, Deus.

En otros idiomas
Deutsch: Abu (Beiname)
English: Ab (Semitic)
italiano: Abū
ქართული: ამბა
latviešu: Avva
Nederlands: Ab (vader)
norsk nynorsk: Abba
русский: Авва
slovenčina: Abú (meno)
українська: Абу (Семітська)
Wolof: Abba